quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias Os fatores chaves nos duelos entre Flamengo e Bauru.

Os fatores chaves nos duelos entre Flamengo e Bauru.

Foto: João Pires/LNB

LNB: Equilíbrio
é a palavra que define. Na temporada 2015/2016, Flamengo e Paschoalotto/Bauru
já se enfrentaram seis vezes: uma pela Liga das Américas e cinco pelo NBB CAIXA
– dois na fase de classificação e três nas Finais, e o saldo dessa disputa é de
nada menos que três vitórias para cada equipe.

Parece
parelho? Frente a frente na Final do NBB CAIXA pelo segundo ano consecutivo, as
duas equipes se equivalem em diversos aspectos, até porque são donas de elencos
poderosos e bastante homogêneos. Desta forma, os mínimos detalhes foram
fundamentais para a definição de um vencedor neste confronto direto.
Por
exemplo, as bolas de 3. Os dois times possuem em seus plantéis chutadores de
elite, como Marcelinho Machado, Marquinhos e Ronald Ramon do lado carioca, e do
lado bauruense, equipe líder em tiros de 3 pontos na temporada (11,0 por jogo),
estão Robert Day, Hettsheimeir, Ricardo Fischer, Jefferson William, entre
outros.
Dos
seis duelos entre eles na atual temporada, contando com a semifinal da Liga das
Américas, o time que acertou mais bolas de 3 pontos ganhou. O único duelo que
contrariou esse dado foi o Jogo 1 das Finais, em Marília (SP), no qual o Bauru
acertou nove e o Flamengo, vencedor por 83 a 77, converteu apenas seis.
Líder
em bolas de 3 na temporada, o Bauru acerta em média 11 tiros por partida no NBB
CAIXA 2015/2016. Esta é uma das principais forças da equipe, mas quando o
aproveitamento não é bom, as coisas ficam mais difíceis, vide nos duelos contra
o Fla. Nas três derrotas, o Dragão totalizou 85 chutes de 3 e apenas 23 acertos
(27,05%). Já nas vitórias, foram menos tiros e mais acertos: 75 tentativas e 28
dentro (37,3%).
Quando
o assunto é garrafão, os rebotes também são ponto importante na disputa. A
equipe que domina as sobras venceu quatro dos seis confrontos entre os dois na
temporada. As exceções ficaram por conta do duelo na Liga das Américas e no
Jogo 3 (33 a 28 para o Flamengo) das Finais (38 a 32 para Bauru)
Mas se
a defesa estiver em pauta, podemos citar o capitão do Bauru, Alex Garcia, sete
vezes vencedor do prêmio de Melhor Defensor do NBB CAIXA e concorrente ao
troféu também nesta temporada. No entanto, a marcação em foco é a do Flamengo
cima dele:
Nas
três vitórias sobre os bauruenses, o Flamengo limitou o “Brabo”, atual MVP do
NBB CAIXA, a números abaixo de seu normal. No segundo turno, ele fez apenas
seis pontos, no Jogo 1 das Finais anotou apenas nove e no Jogo 3 deixou a
quadra com 19, mas durante os três primeiros quarto fez apenas cinco – fez 14
no último período.
Os
elencos dos dois clubes são recheados de estrelas e jogadores de alto escalão,
portanto, não é apenas uma ou duas peças que fazem a diferença, mas sim o grupo
como um todo. No entanto, Bauru e Flamengo possuem elencos com características
diferentes, portanto filosofias também diferentes.
Por
exemplo, o Dragão da Cidade Sem Limites pontua mais com os titulares do que os
rubro-negros, que rodam um pouco mais os reservas fora e por isso pontua mais
com os suplentes. Nos duelos entre eles, os titulares do Bauru fizeram 78,2%
dos pontos da equipe, enquanto os cinco iniciais do Flamengo anotaram 64,3%.
O
melhor desempenho do banco rubro-negro diante do Bauru foi no segundo turno da
fase de classificação do NBB CAIXA, quando venceu por 85 a 69 com 42 pontos dos
reservas. Já a maior marca dos suplentes bauruenses contra o Fla foi na vitória
do Jogo 2 das Finais, quando ganhou por 85 a 80 com 28 pontos dos reservas.
Agora,
a série melhor de cinco das Finais está em 2 a 1 para o Flamengo, que pode
confirmar seu quarto título do NBB CAIXA consecutivo já neste sábado (04/11),
no Ginásio Neusa Galetti, em Marília (SP), às 14h10 (de Brasília), com
transmissão simultânea para todo o país através dos canais SporTV e RedeTV!.
O NBB
CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em
parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da
SKY e o apoio do Ministério do Esporte, Avianca e Spalding.
Confira
os jogos entre Flamengo e Bauru na temporada 2015/2016:
– NBB CAIXA
Fase de classificação:

turno – Bauru 77 x 73 Flamengo

turno – Flamengo 85 x 69 Bauru
Finais:
Jogo 1
– Bauru 77 x 83 Flamengo
Jogo 2
– Flamengo 80 x 85 Bauru
Jogo 3
– Flamengo 89 x 84 Bauru
– Liga das Américas
Semifinal
– Flamengo 81 x 83 Bauru

MAIS LIDOS

Audiência do Flamengo no SBT vence a Globo; veja os números

O Flamengo jogou na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em confronto válido pela Libertadores da América. Diferentemente do jogo de ida...

Torcedores invadem perfil do Del Valle e devolvem provocações após goleada

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O torcedor do Rubro-negro ficou preocupado com o...

Flamengo se impõe e atropela Del Valle em noite de classificação garantida; veja as notas

O Flamengo entrou em campo diante do Independiente Del Valle, mais uma vez todo remendado. Mas a presença dos garotos do sub-20 parece não...

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...