A diretoria rubro-negra logo que informada da saída de Jorge Jesus, deixou algo bem claro, gostaria de contar novamente com um estrangeiro. Tal decisão foi aprovada quase que por unanimidade pela torcida, inflamada pelo grande trabalho de Jorge Jesus e pelo baixo nível de trabalho dos treinadores brasileiros.

A partir disso, Marcos Braz e Spindel foram até a europa e fizeram uma sequência de “entrevistas”, tudo para achar o nome ideal. Mas…o Flamengo parece não ter encontrado um nome realmente ideal.

A diretoria avaliou a vontade do treinador em comandar o Flamengo, e seu estilo de jogo, ofensivo. Mas talvez tenha se precipitado em um ponto, como esse treinador gosta de atacar? Ele entende os jogadores que tem em mãos? Terá experiência para pegar um time com sistema de jogo já montado e apenas lapidar algo novo em meio de tantos jogos?

A grande verdade é que Domenec não demora apenas para conhecer os jogadores do Flamengo, mas também para entender o tamanho do clube e da cultura do futebol brasileiro. Sua entrevista coletiva ontem beira o absurdo e também causou insatisfação na diretoria. Não foram apenas três pontos, foi uma goleada histórica. Entrevistas com esse nível de conformismo foram o principal motivo de demissão de Abel, e Domenec caminha para mesma direção.

Para a direção do Flamengo, parece ter faltado análise de personalidade do seu novo comandante. Domenec é o oposto de Jesus no dia a dia, muito diferente na formatação tática e totalmente sem experiência ao tentar implantar seu sistema de jogo (complexo), em um calendário com jogos quarta e domingo.

Substituto de Jesus não teria tempo para treinar

Precisamos dizer que Jesus teve uma pré-temporada de 21 dias antes de estrear pelo Flamengo. Tempo para conhecer jogadores e implantar seu estilo, mas ainda sim foi mal nas primeiras partidas. O substituto do português não teria nada disso, e já era sabido pela diretoria. Talvez, por incrível que pareça, diante da atual circunstância, um brasileiro seja a melhor opção.

Leia também: Opinião: Dias contados para Domenec no Flamengo