segunda-feira, setembro 21, 2020
Início Notícias Paulo Victor relembra encontro com o ídolo Rogério Ceni.

Paulo Victor relembra encontro com o ídolo Rogério Ceni.

Site
Oficial do Flamengo – Neste domingo (10.05), Flamengo e São Paulo entram em
campo pela primeira vez pelo Campeonato Brasileiro de 2015. A partida será no
Morumbi, local em que ocorreram partidas históricas regionais, nacionais e
internacionais. Muitos atletas  guardam o
estádio com carinho na memória, por gols marcados e títulos conquistados. Paulo
Victor é um desses exemplos, mas por um motivo, como definido por ele,
“imensurável”.
No ano
passado, os dois clubes se enfrentaram pela 24a rodada do Campeonato
Brasileiro, no Morumbi. Para o goleiro rubro-negro, a partida valia mais do que
três pontos, era uma oportunidade de encontrar o ídolo Rogério Ceni no que
seria o último jogo do são-paulino contra o Flamengo. Em 2014, havia a
possibilidade de ele se aposentar ao fim do Brasileiro, o que, naturalmente, já
tornaria histórica aquela quarta-feira (24.09). Os contornos da partida, no
entanto, ainda reservaram dois duelos na marca do pênalti com Rogério, que teve
a segunda cobrança defendida pelo camisa 48 da Gávea.
“A
gente sabe como é jogar com ídolos, não tem preço. E naquele momento, que havia
a questão da possível aposentadoria dele, tornou o jogo ainda mais especial
para mim, pois peguei um pênalti e ainda troquei de camisa com o Rogério. Esta
camisa vai ficar guardada para sempre com muito carinho”, vibrou Paulo
Victor.
Sobre
Rogério Ceni, o goleiro rubro-negro fala com respeito e afirma que o tem como
espelho. No Flamengo há tantos anos, espera trilhar o mesmo caminho do ídolo,
conquistar títulos como titular e ser lembrado pela longevidade com o Manto
Sagrado. Em tempos em que atletas costumam trocar times com frequência, Paulo
Victor tem a consciência de que não será lembrado por ser nômade, pelo
contrário, fincou a bandeira da dedicação e amor pelo clube. Assim como o
camisa 1 do São Paulo.
“Falar
do Rogério é simples. Sabemos que é um ídolo brasileiro, não só do São Paulo.
Por tudo que conquistou e por tanto tempo de casa no São Paulo. É o que
pretendo fazer no Flamengo também. Nós, goleiros, temos que agradecer a evolução
que ele deu para o futebol”, disse.
A
certeza de estar no caminho certo veio das palavras do capitão tricolor. Após o
empate em 2 a 2, os dois trocaram as últimas palavras da noite, mas que
serviram de incentivo para o titular do gol do Mais Querido.
“Ele me
parabenizou, disse para eu continuar da maneira como tenho feito para crescer
cada vez mais. Falou que admira muito meu trabalho”.

MAIS LIDOS

Willian Arão é criticado por Mauro Cezar Pereira

Com a saída de Jorge Jesus e chegada de Dome Torrent, os torcedores já esperavam que alguns atletas iriam ter uma queda de dempenho,...

Quatro jogadores do Flamengo testam positivo para covid-19

A onda de notícias ruins não acabam no rubro-negro. Segundo o repórter Vene Casangrande, quatro jogadores do Flamengo testaram positivo para covid-19. E todos...

Thuler titular: Torcedores pedem oportunidades ao zagueiro

O Flamengo vem de uma dura derrota para o Independiente del Valle. No jogo contra os equatorianos, pela Libertadores da América, o sistema defensivo...

Perfil diz que Jorge Jesus aceitaria retornar ao Fla num cenário

O torcedor do Flamengo estava torcendo para Dome Torrent conseguir fazer com que o Flamengo continuasse jogando um futebol de alto nível. Entretanto, isso não aconteceu....