segunda-feira, setembro 21, 2020
Início Notícias Por G-4, Flamengo precisa de arrancada como a de 2009.

Por G-4, Flamengo precisa de arrancada como a de 2009.

UOL – O
Flamengo não parece ser o mesmo time que somou seis vitórias consecutivas e
chegou ao G-4 do Campeonato Brasileiro. A derrota para o Corinthians neste
domingo foi a sexta nas últimas sete rodadas e deixou o sonho de chegar à
Libertadores mais distante. Chegou a hora de jogar a toalha e já pensar em como
arrumar as coisas para 2016?
“Acho
que os dois objetivos são alcançáveis”, respondeu o técnico Oswaldo de
Oliveira, após a derrota na Arena de Itaquera. “Essa questão da
organização está em curso. Mas não vamos desistir do G-4. Sinceramente não sei
dos outros resultados. Não tive notícia de como está a tabela agora. Mas
enquanto ainda existir a possibilidade, nós vamos continuar insistindo e nos
planejando para somar pontos nesta direção”, concluiu.
Restando
ainda seis rodadas para o fim do Brasileiro, o Flamengo segue estacionado nos
44 pontos. São seis a menos do que Santos, São Paulo e Internacional — que
estão em quarto, quinto e sexto lugares, respectivamente.
O que
pode servir de alento ao torcedor é a lembrança do que aconteceu em 2009. O
Flamengo acabou se sagrando campeão brasileiro naquele ano, mas, ao final da
32ª rodada, somava 51 pontos. Exatamente seis a menos do que o Palmeiras, que
liderava até então com 57. A arrancada do clube carioca que culminou no título
teve cinco vitórias e um empate nas seis partidas derradeiras.
Dos
seis últimos adversários que o time de Oswaldo de Oliveira terá pela frente no
Brasileiro deste ano, quatro se encontram melhor posicionados na tabela de
classificação: Grêmio, Santos, Ponte Preta e Palmeiras. Os outros dois
oponentes serão Goiás e Atlético-PR.
Apesar
dos maus resultados recentes, o treinador ainda alimenta esperanças de ver seus
comandados emplacarem uma arrancada neste fim de Brasileiro e terminarem o ano
classificados para a Libertadores. Muito graças ao que ele viu dentro de campo
diante do Corinthians.
“Contra
o virtual campeão, o Flamengo não foi dominado e não foi um time que se
entregou. Então não existe situação de desânimo. Pelo contrário. O que existe é
olhar o que tem a se fazer e trabalhar em cima disso”, analisou Oswaldo.

MAIS LIDOS

Flamengo poderá usar atletas contaminados contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo pela Libertadores da América nesta terça-feira, em jogo que pode ser de vida ou morte para o técnico Dome Torrent....

Conmebol: Por que o jogo Barcelona SC x Flamengo não será adiado

Após a confirmação de seis jogadores diagnosticados com Covid-19, os torcedores do Flamengo se questionaram nas redes sociais sobre a possibilidade de a Conmebol...

Fla pode ter até onze desfalques para duelo da Libertadores

A situação do Fla não é das melhores. Após a goleada por 5 a 0 diante do Independiente Del Valle, na última semana, o...

Willian Arão é criticado por Mauro Cezar Pereira

Com a saída de Jorge Jesus e chegada de Dome Torrent, os torcedores já esperavam que alguns atletas iriam ter uma queda de dempenho,...