sábado, setembro 26, 2020
Início Notícias Por que o Brasileirão tem 23 jogadores argentinos?

Por que o Brasileirão tem 23 jogadores argentinos?

Foto: ESPN.COM.BR

ESPN: O
Campeonato Brasileiro foi “invadido” por argentinos. Após o
fechamento da janela, as equipes nacionais contam agora com 23 hermanos em seus
elencos, desde atletas mais conhecidos e consagrados até jovens apostas de quem
poucos ouviram falar.

O que
explica a facilidade para contratar no país vizinho é a moeda fraca, além da
enorme crise institucional pela qual o futebol da Argentina passa nos últimos
meses.
Para
se ter uma ideia de quanto está barato “importar” jogadores
albicelestes, o peso argentino desvalorizou 20% em relação ao real desde
janeiro. Na última quarta-feira, R$ 1 valia 4,60 pesos.
Com
isso, ficou mais tranquilo trazer jogadores argentinos. O São Paulo, por
exemplo, pagou “apenas” R$ 6,5 milhões pelo lateral Buffarini, do San
Lorenzo – pouco perto do valor que conseguiu com a venda de Douglas para o
Barcelona: R$ 18 milhões.
Além
do ala, diversos outros hermanos chegaram ao Brasil antes do fechamento da
janela, como Ariel, no Internacional, Ábila, no Cruzeiro, Aquino, no
Fluminense, Kannemann, no Grêmio, Donatti, no Flamengo, e Noguera, no Santos,
entre outros.
Eles
se somam a outros que já estavam por aqui há mais tempo, como Dátolo e Pratto,
do Atlético-MG, Allione, do Palmeiras, e Gervasio Nuñez, do Botafogo, entre
muitos outros.
Oa argentinos
tornaram-se também uma opção viável para o orçamento de equipes médias, casos,
por exemplo, de Martinuccio, da Chapecoense.
A
crise na AFA (Associação de Futebol Argentino) também auxiliou para facilitar a
“importação” de gringos para os brasileiros.
Desde
o ano passado, a entidade está sem presidente, sendo comandada por
interventores nomeados pela Justiça comum, teve eleições anuladas e adiadas e
chegou ao fundo do poço financeiro, com o técnico da seleção principal, Gerardo
“Tata” Martino, ficando oito meses sem receber salários, e a seleção
olímpica quase desistindo de vir aos Jogos do Rio 2016 por falta de verbas.
Atualmente,
a AFA vê os clubes se mobilizarem para organizarem uma liga própria,
capitaneada pelos grandes times do país, e também está na mira da Fifa, que não
permite intervenção do Governo ou de instituições estatais nas federações de
futebol.
Atualmente,
a Fifa está comandando setores da AFA e reformulando o estatuto da entidade,
enquanto organiza um novo pleito para escolher quem irá comandar o órgão.
A data
limite para eleger um novo presidente é 30 de junho de 2017, e a disputa entre
candidatos é ferrenha, envolvendo nomes fortes do futebol local, como Nicolás
Russo, presidente do Lanús, além de celebridades da TV, como o apresentador
Marcelo Tinelli, e sindicalistas, como o caminhoneiro Hugo Moyano, que comanda
o Independiente.
Veja
quem são os argentinos do Brasileirão:
Atlético-MG
Jesús
Dátolo (meia)
Lucas
Pratto (atacante)
Botafogo
Joel
Carli (zagueiro)
Gervasio
Nuñez (meia)
Chapecoense
Alejandro
Martinuccio (meia)
Cruzeiro
Ariel
Cabral (volante)
Lucas
Romero (volante)
Sánchez
Miño (volante/lateral)
Matías
Pisano (meia)
Ramón
Ábila (atacante)
Flamengo
Alejandro
Donatti (zagueiro)
Héctor
Canteros (volante)
Federico
Mancuello (volante)
Fluminense
Claudio
Aquino (meia)
Grêmio
Walter
Kannemann (zagueiro)
Internacional
Ariel
Nahuelpán (atacante)
Palmeiras
Fernando
Tobio (zagueiro)
Agustín
Allione (meia)
Santos
Fabián
Noguera (zagueiro)
Emiliano
Vecchio (meia)
São Paulo
Julio
Buffarini (lateral)
Ricardo
Centurión (meia)
Andrés
Chavez (atacante)

MAIS LIDOS

Demissão de funcionário revolta torcida do Fla; veja os comentários

O torcedor flamenguista ver mais notícias sobre o extra campo do Fla do que dentro de campo. Na noite desta sexta-feira, foi notificado que...

Vice-Presidente do Fla crítica CBF por manter partida

O Flamengo tem 16 casos de covid confirmados dentro de seu plantel, fato que não parece significar muito para a CBF. Isso sem contar...

STJD bate o martelo e Flamengo x Palmeiras está mantido

O Flamengo entrou no STJD solicitando o adiamento da partida de domingo, diante do Palmeiras no Allianz Parque. Porém, se antes a negativa veio...

Flamengo demite fotógrafo e torcida se revolta

O Flamengo na tarde desta sexta-feira decidiu demitir o fotógrafo Matheus Grangeiro, responsável pelas mídias sociais do clube e também por várias fotografias. A...