quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias Pratas do Flamengo: Pedagogia na disciplina fora de campo.

Pratas do Flamengo: Pedagogia na disciplina fora de campo.

SITE
OFICIAL DO FLAMENGO – Dando sequência à serie de reportagens sobre a base
rubro-negra, chegou a vez da Pedagogia. A proposta dessa equipe vai além de
apenas monitorar o desempenho e comportamento escolares. O objetivo é observar
e corrigir eventuais problemas de desenvolvimento dos jovens e desempenha um
papel fundamental no futebol de base.

O
pedagogo José Nogueira é uma das peças essenciais nesta parte do
desenvolvimento dos garotos. Ele coordena um grupo no acompanhamento integral
dos atletas da base rubro-negra, principalmente dos que residem no alojamento
do Centro de Treinamento Jorge Helal, em Vargem Grande, no Rio de Janeiro.

dois anos no Flamengo, Nogueira faz toda gestão escolar dos jogadores,
acompanhando notas e atividades escolares, monitorando curso extracurricular de
línguas, mantendo contato direto com as escolas de todos os atletas,
participando do conselho de classe dos jogadores e permanecendo sempre próximo
de pais e responsáveis. Além de todas essas tarefas, manter a disciplina no
alojamento e promover atividades socioculturais também fazem parte da sua
rotina.
O
profissional do Mais Querido conta com quatro monitores – Wilson Victor,
Adalberto Pereira, André da Silva e Jean Carlos – e desenvolve dois trabalhos
distintos: com os jogadores que residem nas dependências do clube e com os que
não ficam nos alojamentos. Os monitores, que tem entre 30 e 55 anos, atuam
integralmente com os jogadores residentes. São 39 atletas fixos, hoje, além dos
atletas temporários que passam pelo período de experiência. Wilson e Adalberto
ficam com os turnos diurnos e André e Jean com os períodos noturnos.
No dia
a dia, eles auxiliam no gerenciamento do alojamento e também acompanham a
rotina dos jogadores com horários de treinos, alimentação e de aulas e
monitoramento da higiene pessoal dos meninos.
Como
parte do processo de formação, visitar feiras e museus também está no
planejamento. Recentemente, a Pedagogia levou 25 atletas para a Bienal do
Livro, no Rio Centro, próximo ao Centro de Treinamento George Helal. O próximo
programa será em um museu
“A
intenção é que todos os meses possamos levar os jogadores para algum projeto
que faça alguma menção a realidade deles”, 
conta Nogueira.
Nas
próximas semanas apresentaremos os departamentos:

Psicologia;

Médico;

Serviço Social;

Fisiologia;

Nutrição;

Comissões Técnicas;
– Centro
de Análise de Desempenho;

MAIS LIDOS

Arrascaeta ironiza na rede social: “Meu mengão malvadão”

O "tímido" meia uruguaio Arrascaeta parece cada dia mais a vontade com a torcida do Flamengo. Aliás, ele nunca pareceu incomodado com ela, mas...

Joia da base está próxima de renovação de contrato; confira

Um dos principais destaques do Flamengo na recente sequencia de boas partidas com atletas da base, Natan possui contrato com o rubro negro até...

Base do Flamengo é elogiada por Galvão Bueno

O Flamengo venceu o Independiente del Valle na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. O auxiliar Jordi Guerrero apostou nos jovens jogadores...

Jogador do Del Valle vê resultado injusto

A vitória do Flamengo sobre o Independiente del Valle, por 4 a 0, nesta quarta-feira, fez com que o Rubro-negro desse um salto na...