• Início
  • Notícias
  • Prefeitura revolta o Flamengo, que afirma nunca ter sido notificado
Publicidade

Prefeitura revolta o Flamengo, que afirma nunca ter sido notificado

Publicidade

Embora não conceda entrevistas, a diretoria anterior do Flamengo, responsável por grande parte das obras no CT, se mostra inconformado com a prefeitura, segundo apurou o UOL Esporte.

Segundo eles, nunca foi avisado que havia uma interdição do CT como alega em notas a prefeitura. A argumentação é de que o CT não era clandestino e, sim, público e notório que funcionava todos os dias sob os holofotes de televisões. Então, argumentam os dirigentes, porque não fecharam a instalação?

Outra alegação é de que a diretoria rubro-negra teve vários encontros com o prefeito Marcelo Crivella desde a primeira autuação e ele nunca mencionou nenhum problema em relação ao CT. Há a lembrança inclusive de que houve um jogo em parceria entre Flamengo e município, em 2017, para reversão da renda para restaurantes populares.

Tecnicamente, a argumentação é de que o único alvará que faltava era a licença final do Corpo de Bombeiros. E que, apesar disso, nunca houve interdição. Outro argumento é que o próprio centro administrativo da prefeitura até pouco tempo não tinha a mesma licença que faltava ao Flamengo. Apesar da falta de documentos, integrantes da antiga gestão alegam que tudo foi feito para garantir a segurança de funcionários e jogadores.

As respostas são poucas. Os questionamentos, muitos. Por ora, tudo que se sabe é que os documentos apresentados pelo Flamengo em pronunciamento no último sábado não representavam garantias de funcionamento.

Por: UOL

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod