sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Preparador físico analisa lesões no Fla, e de Armero.

Preparador físico analisa lesões no Fla, e de Armero.

Rádio
Globo – O Flamengo não conseguiu confirmar o favoritismo e ficou de fora da
decisão do Campeonato Carioca, ao ser eliminado nas semifinais pelo Vasco. Muitos
no clube acreditam que essa desclassificação deve-se ao fato das lesões em
jogadores importantes durante a competição, principalmente nos últimos jogos.
Ao todo, durante o Estadual, dez jogadores acabaram desfalcando o time em
algumas partidas por estarem no departamento médico. Os casos mais graves foram
de Samir, Canteros, Éverton, Arthur Maia, Paulinho e Nixon. O experiente
preparador físico Antônio Mello assumiu a responsabilidade sobre essas lesões
no Rubro-negro.

“Não
é um hábito no meu trabalho, esse histórico. Foram lesões banais que ficaram
mais complicadas, já que os atletas tiveram que voltar antes do tempo em jogos
decisivos e agravaram. Temos um grupo muito reduzido e tivemos que lançar
precocemente alguns atletas da base, além de viagens e outros detalhes, que nos
atrapalharam durante o campeonato”, explicou Mello, que fez questão de
ressaltar que para o Campeonato Brasileiro, o Flamengo terá um time mais bem
preparado fisicamente.
“Dá
para acreditar que vamos ter uma equipe mais inteira. Com a chegada de algumas
contratações, teremos como fazer um rodízio mais favorável para preservar
jogadores importantes. Também ficaremos com um time mais regular e uniforme
para não cair o padrão nos jogos. Quando o treinador puder colocar algum atleta
considerado reserva e ele dar conta do recado, é aí que mostrará que temos um
elenco competitivo”, aponta.

sobre o último reforço, o colombiano Armero, Antônio Mello admite que o jogador
esteja fisicamente em um nível bem inferior ao restante do elenco rubro-negro.
Para o preparador físico, o lateral precisará de mais tempo de trabalho para
ajudar o Flamengo no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Mas ele está
relacionado para a disputa do amistoso contra o Icasa-CE, neste sábado, em
Juazeiro do Norte.
“Pelos
treinos que realizou e pelo que conheço dele, o Armero é um atleta que pode
render mais que rendeu nesses quatro dias de trabalho com a gente. Agora,
teremos a presença do Vanderlei, do departamento de fisiologia e médicos. Aí
vamos poder olhar melhor esse desenvolvimento. Ele é um jogador que tem uma
fadiga muito baixa, que vai ao apoio na mesma intensidade que volta para
marcar. Tem um condicionamento privilegiado. Mas não o achei muito preparado
nesse início. Vai precisar de mais tempo, uma ou duas semanas para se enquadrar
no ritmo do restante do grupo. Mesmo assim, teremos que analisar se ele poderá
participar de uma parte desse jogo”, explicou.
O
Flamengo enfrentará o Icasa do Ceará em amistoso de preparação para a estreia
no Campeonato Brasileiro, que está marcada para o dia 10 de maio, fora de casa
contra o São Paulo.

MAIS LIDOS

Entrevista de Marcos Braz não responde muita coisa

Marcos Braz deu sua entrevista coletiva neste sábado para falar sobre a derrota do Flamengo na quinta-feira e quais seriam as consequências dela. Mas...

Em coletiva, Braz banca permanência de Domenec

A tão aguardada coletiva de imprensa online de Marcos Braz na tarde deste sábado ocorreu a pouco, o tema principal, Domenec. Braz aproveitou a...

Tite explica convocados rubro negros e ausência de Gabigol

Tite convocou para a seleção brasileira dois jogadores do Flamengo, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro. Em entrevista online concedida na manhã de sexta, Tite...

Zico detona postura do Flamengo em campo

A derrota vexatória do Flamengo pela Libertadores ainda ecoa entre a torcida. O maior ídolo da história do Flamengo, Zico, não deixou de comentar...