sexta-feira, setembro 25, 2020
Início Notícias Presidente do STJD ignora reclamações do Fluminense.

Presidente do STJD ignora reclamações do Fluminense.

Foto: Marcelo Prado
SPORTV:
Após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva arquivar o pedido de impugnação
do Fla-Flu feita pelo Fluminense, o clube carioca criticou a decisão e disse
que o órgão “se apequenou” ao voltar atrás no processo. O presidente do STJD,
Ronaldo Piacente, responsável por aceitar o arquivamento solicitado pela
Procuradoria do Tribunal, disse entender a postura de revolta do Flu, mas
destacou que a “justiça foi feita” no caso. Em entrevista ao “Seleção
SporTV”, Piacente destacou ainda que a mídia, em geral, elogiou o desfecho do
caso.
– Eu
vi. Normal, isso é comum. Quem acaba não ganhando.. é muito comum a crítica.
Quando não ganha uma ação, acaba se indignando. Encaro com normalidade, sem
qualquer problema, sem qualquer questão pessoal. Isso é muito comum. No geral,
na imprensa, só houve elogio em relação à decisão. Entendo que foi feito
justiça. A justiça foi feita – disse.
Derrotado
por 2 a 1 no duelo em Volta Redonda, no último dia 13, o Fluminense reclamava
que o árbitro Sandro Meira Ricci anulou o gol do zagueiro Henrique, no clássico
válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, com ajuda externa das câmeras
de TV, o que é proibido pela regra. Piacente destacou, no entanto, que não
houve provas capazes de mostrar que, de fato, o trio de arbitragem contou com
essa influência extracampo.
– O
procurador-geral Pedro Bevilacqua foi muito hábil e pediu as informações,
porque ele, à parte disso, estava produzindo prova para um eventual inquérito,
eventual denúncia de uma infração disciplinar. Ele solicitou a oitiva do
inspetor, do quarto árbitro, do principal e do assistente. Essas provas foram
obtidas, e a procuradoria, com isso, ingressa no processo e pede uma
reconsideração dizendo que agora tem prova de que não houve interferência. O
inspetor negou ter dito aquelas palavras (de que a TV já sabia do gol
irregular). O árbitro assistente negou que ele tenha falado aquelas palavras. O
árbitro assistente disse que a decisão final foi entre a conversa do trio de
arbitragem. Com essa forma, não há mais o que ser feito.
Piacente
destacou que a leitura labial apresentada em vídeo pelo Fluminense, na qual um
inspetor da CBF aparecia informando ao árbitro que a “TV sabe”, não
serviu como prova absoluta. Segundo o presidente do STJD, nem mesmo se fosse
provada que aquela frase havia sido dita pelo inspetor, não restariam provas de
que foi esta a motivação para anular o gol de Henrique. Para ele, está claro
que o árbitro não foi buscar informação.
– Como
sempre, essa questão desse vídeo com essa leitura labial é uma prova relativa.
Não é absoluta. Não poderia decidir com ela, porque dependeria de mais provas
para saber realmente se o inspetor havia dito aquilo para o árbitro. Logo em
seguida, na imprensa, o inspetor negou ter dito. O que restou a mim foi
aguardar a prova, duas coisas, se ele havia dito “a TV viu, a TV sabe”
(…)  Mesmo que ele tenha dito, venha
essa prova amanhã, “está aqui, provado, ele falou”. O inspetor vem e conserta,
falou mesmo aquilo. Aí tem que ouvir o árbitro e o assistente. O que levou a
mudar, foi a frase? Ele já disse que não. A partir daí, já que ele está falando
que não, não tem mais o que fazer além de arquivar – explicou.
O
Flamengo volta a ter 60 pontos na classificação do Brasileiro, quatro a menos
que o líder Palmeiras. O Rubro-Negro encara o Corinthians, neste domingo, pela
32ª rodada, no Maracanã. O Fluminense é o nono colocado, com 46, e pega o
Coritiba, no mesmo dia, no Couto Pereira.

MAIS LIDOS

Conmebol nega pedido do Fla para inscrever mais dez atletas na Libertadores

O Flamengo sofre com o surto de contaminação pelo novo coronavírus instalado no clube. 16 jogadores pegaram Covid-19 nos últimos dias e a equipe...

Jair Ventura pede atacante do Flamengo pagando 100% do salário

O Flamengo possui um dos times mais qualificados do futebol sul-americano. Com tamanha qualidade técnica, é certo que muitos jovens atletas não terão a...

Cada um pensando em seu próprio umbigo

Muito do que tem acontecido nas últimas horas no futebol brasileiro serve para reforçar algo que já é histórico em relação a nossos dirigentes:...

Dirigente espera poder contar com atletas infectados na quarta

O Flamengo está passando por um surto de covid-19 em seu elenco. Ao todo, são 23 casos, inclusive entre comissão técnica e dirigentes. O...