• Início
  • Notícias
  • Presidente do Vasco sai em defesa do gerente de futebol: “Foi uma atitude desrespeitosa do Gabigol”
Publicidade

Presidente do Vasco sai em defesa do gerente de futebol: “Foi uma atitude desrespeitosa do Gabigol”

Publicidade

O clássico entre Flamengo e Vasco foi além dos 90 minutos. Após o juiz sinalizar o fim da partida, ocorreu uma confusão entre os jogadores. No tumulto, André Souza, gerente de futebol do Vasco, acertou uma joelhada em Gabigol, causando revolta nos rubro-negros. Em contato com o GloboEsporte, Alexandre Campelo, presidente do Vasco, saiu em defesa de André.

— Não, imagina. Isso é um caso encerrado. Isso é mimimi. É o que estou dizendo. Estão falando de um chega pra lá que o André deu tentando afastar o Gabigol para que não houvesse briga, mas sem entrar em discussão da causa do problema, que é a atitude desrespeitosa do Gabigol e do Bruno Henrique.

FOTO: PAULO FERNANDES / VASCO

Por conta da agressão realizada pelo gerente de futebol, Flamengo recorreu ao STDJ, garante o GloboEsporte. Ainda no bate-papo ao veículo, Alexandre Campelo afirmou que Gabigol provocou os jogadores do Vasco mencionando os salários atrasados.

— Foi uma atitude desrespeitosa do Gabigol, dizendo para os jogadores não se importarem (com a provocação) porque eles não têm nem salário, não estão disputando nada, brigando para não cair.

Em campo, o clássico foi recheado de gols: o embate terminou em 4×4. Bruno Henrique, o ‘Mister Clássicos’, marcou dois gols e teve grande importância no último clássico regional desta edição do Campeonato Brasileiro.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod