sexta-feira, setembro 25, 2020
Início Notícias Pressionado e com técnico interino, Flamengo encara Ponte Preta.

Pressionado e com técnico interino, Flamengo encara Ponte Preta.

Foto: GAZETA PRESS

ESPN: Com
quatro pontos, a Ponte quer aproveitar o fator casa para chegar à segunda
vitória no Brasileirão. Em 15º lugar, os campineiros esperam se fazer valer do
mau momento do Flamengo. No entanto, a equipe comandada pelo técnico Eduardo
Baptista vem de derrota para o Corinthians, após atuação abaixo do esperado.
Por isso, o comandante não descarta mudanças na escalação, mas destacou que
pretende manter uma base.

“Não
é porque fizemos uma partida ruim que está tudo errado. Tem que ter calma. É
ter o equilíbrio, analisar o jogo com calma, ver onde erramos e reorganizar.
Vamos avaliar o time. Se precisar fazer alguma mudança pontual, vamos fazer.
Mas é um time que vem de uma sequência boa e tentaremos repetir ao máximo essa
equipe”, afirmou.
Eduardo
Baptista pode mudar a equipe de acordo com a parte física ou técnica dos
jogadores, já que ganhou algumas novas opções. Renê Júnior, Clayson e Roger
podem ser novidades na equipe. O treinador quer a repetição da postura na
vitória sobre o Palmeiras para sair com os três pontos contra os cariocas.
“Vai
ser um grande o jogo. O Flamengo, apesar da situação atual, é um grande time,
com grandes jogadores. É ter a mesma atenção que tivemos no jogo contra o
Palmeiras. Na nossa casa, a torcida apoia e a perspectiva de vitória é muito
grande”, completou Baptista.
Já o
Rubro-Negro está em 11º e, apesar de ter a mesma pontuação do seu rival, está
na frente nos critérios de desempate. Entretanto, o clima está pesado. Além dos
maus momentos dentro de campo, o ambiente fora dele também não é dos melhores.
A diretoria confirmou a saída do técnico Muricy Ramalho e anunciou Zé Ricardo,
treinador da equipe sub-20, como interino. Além disso, os dirigentes buscam
mais um profissional para a área do futebol para trabalhar com Rodrigo Caetano.
Antes
da viagem para Campinas, um grupo de torcedores foi até o CT do clube para ter
uma reunião com os jogadores. O lateral direito Rodinei destacou que só ouviram
palavras de apoio, para que o elenco consiga passar por este momento.
“Todos
conversaram com eles. Estávamos reunidos aqui na sala de imprensa. Vieram para
apoiar. Não teve crítica e nem colocaram dedo na cara. O momento que não é
fácil. Só vieram apoiar, pois ninguém quer passar por isso”, comentou
Rodinei.
Sobre
a escalação, o interino Zé Ricardo dificilmente vai mudar muito a equipe pela
falta de tempo. O certo é que vai precisar escolher o substituto do meia
Everton, que foi expulso. Gabriel e Ederson são os favoritos. Já Cuéllar e Juan
estão fora por lesão, sendo substituídos por William Arão e Rafael Dumas.

MAIS LIDOS

Conmebol nega pedido do Fla para inscrever mais dez atletas na Libertadores

O Flamengo sofre com o surto de contaminação pelo novo coronavírus instalado no clube. 16 jogadores pegaram Covid-19 nos últimos dias e a equipe...

Jair Ventura pede atacante do Flamengo pagando 100% do salário

O Flamengo possui um dos times mais qualificados do futebol sul-americano. Com tamanha qualidade técnica, é certo que muitos jovens atletas não terão a...

Cada um pensando em seu próprio umbigo

Muito do que tem acontecido nas últimas horas no futebol brasileiro serve para reforçar algo que já é histórico em relação a nossos dirigentes:...

Dirigente espera poder contar com atletas infectados na quarta

O Flamengo está passando por um surto de covid-19 em seu elenco. Ao todo, são 23 casos, inclusive entre comissão técnica e dirigentes. O...