Primeira Liga começa com público e renda similar do Brasileirão.

Por: Fla hoje

Torcedores do Flamengo tirando foto com os celulares no Mané Garrincha – Foto: Staff Images/Flamengo

O
GLOBO
: Apesar da dificuldade de conseguir espaço no calendário e da profusão de
times reservas, a Primeira Liga começou em 2017 alcançando o mesmo patamar de
público e renda do Brasileiro. A rodada de abertura da Primeira Liga, encerrada
na quarta-feira com a vitória do Flamengo sobre o Grêmio, registrou média de
12.671 torcedores por partida, número muito semelhante ao da primeira rodada da
Série A de 2016, que teve média de 12.292 torcedores por jogo.

Apesar
da dificuldade de conseguir espaço no calendário e da profusão de times
reservas, a Primeira Liga começou em 2017 alcançando o mesmo patamar de público
e renda do Brasileiro. A rodada de abertura da Primeira Liga, encerrada na
quarta-feira com a vitória do Flamengo sobre o Grêmio, registrou média de
12.671 torcedores por partida, número muito semelhante ao da primeira rodada da
Série A de 2016, que teve média de 12.292 torcedores por jogo.
Os
torneios, é claro, apresentam diferenças de organização e participação. No caso
do Brasileiro, a primeira rodada teve 10 partidas foi realizada em um intervalo
de dois dias, 14 e 15 de maio, enquanto a semana de abertura da Primeira Liga
deste ano teve, na verdade, 12 dias: começou com a vitória do Fluminense sobre
o Criciúma, no dia 24 de janeiro, e só foi terminar nesta quarta com Flamengo x
Grêmio. Dos 16 participantes da Primeira Liga, sete vão disputar a Série A
neste ano.
A
diferença técnica entre os torneios, contudo, não se reproduziu em preços muito
diferentes de ingressos. Prova disso é que, com médias de público semelhantes,
o balanço financeiro das rodadas de abertura também ficou no mesmo patamar.
Na
Primeira Liga deste ano, a primeira rodada registrou uma receita líquida total
de 1,51 milhão, já incluídos na conta os três jogos deficitários — Fluminense x
Criciúma, América-MG x Ceará e Figueirense x Londrina. Isso representa, na
média, cerca de R$ 190 mil de receita por jogo. Na primeira rodada do
Brasileiro de 2016, esta média foi de pouco mais de R$ 290 mil, com apenas um
jogo deficitário (Atlético-MG x Santos).
Dois
jogos foram responsáveis por praticamente todo o lucro registrado na abertura
da Primeira Liga deste ano. O clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, que atraiu
pouco mais de 40 mil torcedores, teve uma receita líquida de R$ 960 mil.
Flamengo x Grêmio, por sua vez, deu lucro de quase R$ 550 mil com um público de
20.224 torcedores. Somados, os resultados financeiros desta partida chegam a
99% do lucro inaugural da Primeira Liga em 2017.
Já a
partida de abertura da competição, que envolvia justamente o atual campeão, teve
o pior resultado financeiro. Com apenas 2.650 torcedores pagantes, a vitória do
Fluminense sobre o Criciúma, em Juiz de Fora, registrou prejuízo de quase R$ 65
mil, segundo o borderô da partida.

MAIS LIDOS

Salário gigante de Rafinha no Fla irrita torcida; veja os comentários

O Flamengo tem hoje um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Porém, o Mais Querido continua atento ao mercado da bola, podendo fazer mais...

Jorge Jesus não esquece do titulo do Mengão e surpreende

O Flamengo ganhou na última semana o titulo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca conquistou o seu oitavo titulo do Brasileirão, algo que foi...

Vasco estuda proposta para contratar atleta do Flamengo

O Flamengo tem hoje o principal elenco do futebol sul-americano. Com tantos atletas de qualidade a disposição, o time carioca costuma não dar muito...

Flamengo x Nova Iguaçu ao vivo

Flamengo x Nova Iguaçu ao vivo: O Flamengo joga na noite desta terça-feira na estreia do Campeonato Carioca. O confronto terá transmissão do Facebook...