ads text
Paquetá

PSG pode fazer o Flamengo lucrar milhões com transferência de Paquetá

O Flamengo tem sido o clube que mais tem revelado craques nos últimos anos, entre eles, Lucas Paquetá, que atualmente veste a camisa do Lyon, da França. O meio-campista vive grande fase e, com isso, tem despertado o interesse de alguns clubes europeus, como Newcastle, da Inglaterra, na última janela de transferências. Porém, desta vez, o novo interessado é o time de Neymar, Messi e Mbappé, o PSG.

Paquetá entrou na lista de desejos do PSG após o Argentino Di Maria não ter sua renovação encaminhada até o momento, mesmo com seu contrato junto ao time Francês terminando em junho. Deste modo, o clube galáctico já trata de procurar um nome capaz de substituir o jogador.

Não é atoa que um dos times mais fortes do mundo atualmente está interessado no Cria do Flamengo. O jogador tem sido apontado como um dos melhores jogadores da temporada europeia. Além disso, é bem provável que Paquetá ganhe uma vaga na equipe titular do Tite para a disputa da Copa do Mundo do Qatar, já que é constantemente convocado.

Paquetá
Paquetá

Flamengo pode faturar milhões com a transferência

De acordo com alguns portais, o PSG já sabe em que pé deve começar as negociações por Paqueta. Isso porque o Lyon já teria definido a quantia de 80 milhões de euros (R$ 440,8 mi) como valor mínimo para a liberação do cria do Flamengo. E quem está atento a esta situação é o rubro-negro, visto que, por ser o clube formador do atleta, tem direito a receber 3,96% do valor da transação, o que significaria uma quantia aproximada de R$ 17,5 milhões.

Além do Flamengo, o Milan, primeiro clube de Paquetá na Europa, também está de olho nas conversas envolvendo a possível negociação. O clube italiano tem direito a receber 15% do valor da provável transferência, cerca de 12 milhões de euros nos moldes citados acima.

  • Publicado por: Romário Carvalho
  • | Postado em 09/03/2022
  • | Ultima atualização em 09/03/2022


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod