quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias PVC: Joga pedra no Basílio.

PVC: Joga pedra no Basílio.

FOLHA
DE SÃO PAULO – Guerrero chutou para fora, com o gol aberto e sem goleiro, no
dia 24 de maio contra o Fluminense, no Maracanã. Foi sua última partida com a
camisa do Corinthians. No dia seguinte ao empate por 0 a 0, o centroavante
peruano tentou embarcar de volta a São Paulo e foi hostilizado por seis
corintianos no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

depoimento de testemunha que relata agressão.
Naquela
semana, o agente do jogador, Bruno Paiva, telefonou para o presidente Roberto
de Andrade e pediu para Guerrero ficar fora do jogo seguinte, contra o
Palmeiras. O atacante peruano relatava sua preferência por continuar no
Corinthians até esse dia.
E a
permanência no Corinthians era questão fechada antes da notícia de sua pedida
salarial tornar-se pública, em novembro do ano passado. Por que alguém fez
questão de divulgar que Guerrero pretendia receber US$ 7 milhões de luvas? A
proximidade da eleição para presidente do Corinthians explicava isso. Guerrero
magoou-se profundamente com o vazamento da notícia.
Atento
à discussão, o diretor do Flamengo, Rodrigo Caetano, telefonou para o
empresário, Bruno Paiva, logo depois do fim do prazo para o Corinthians
renovar, 1º de maio.
Guerrero
tem o nome de seu país, o Peru, tatuado do lado esquerdo do peito, e poderia
ter pintado o escudo do Corinthians se ficasse no Parque São Jorge. Não ficou.
Hoje o
Corinthians receberá dois heróis em Itaquera. Oswaldo de Oliveira era o técnico
na final do Mundial de 2000, vencida nos pênaltis contra o Vasco. Guerrero foi
o goleador no Japão, em 2012. O Corinthians marcou duas vezes contra o Al Ahly
e o Chelsea –os dois de Guerrero.
Ninguém
tem obrigação de aplaudir os heróis dos mundiais. Futebol é assim, o ídolo do
passado torna-se o vilão do presente. Mas preparar a recepção hostil
propositadamente parece exagero.
Guerrero
é o maior goleador do estádio de Itaquera com 15 gols e só será superado hoje
se Jadson marcar improváveis quatro vezes. Fez 130 jogos pelo Corinthians e
marcou 54 vezes. Bastavam aquelas duas para ser eterno.
Não há
nível de comparação, mas Basílio disputou 254 partidas pelo Corinthians e fez
29 gols. Não precisava ter feito mais do que um.

quem argumente que quando o peruano fez o gol da vitória sobre o Chelsea, o
Corinthians já havia sido campeão mundial. Emerson Sheik foi mais redentor
nesse aspecto, por causa dos gols na decisão da Libertadores.
Nos
três casos, de Basílio, Emerson e Guerrero, deveria haver um sentimento sacro.
Mas as torcidas uniformizadas prometem uma sinfonia de xingamentos, que só poderá
ser contraposta se houver manifestação dos setores sul, leste e oeste, de quem
paga ingresso e não usa os símbolos dessas facções.
Fazer
um gol histórico que garanta um troféu desejado não é razão para ser intocável.
Basílio ficou no banco de reservas e não teve o contrato renovado em 1981,
quatro anos depois de marcar contra a Ponte Preta. Neto foi alvo de críticas da
arquibancada sempre que jogou mal.
O caso
de Guerrero é diferente. Ele queria ficar no clube, não chegou a acordo
salarial e foi cuidar de sua carreira.
Ninguém
precisa ser eternamente grato.
Basta
não ser mal-agradecido.
PVC

MAIS LIDOS

Audiência do Flamengo no SBT vence a Globo; veja os números

O Flamengo jogou na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em confronto válido pela Libertadores da América. Diferentemente do jogo de ida...

Torcedores invadem perfil do Del Valle e devolvem provocações após goleada

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O torcedor do Rubro-negro ficou preocupado com o...

Flamengo se impõe e atropela Del Valle em noite de classificação garantida; veja as notas

O Flamengo entrou em campo diante do Independiente Del Valle, mais uma vez todo remendado. Mas a presença dos garotos do sub-20 parece não...

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...