O português Jorge Jesus, deixou o Flamengo rumo ao Benfica a pouco menos de dois meses. Apesar de sua saída conturbada do time carioca, o ‘Mister‘ se contentou com o projeto dos Encarnados – que investiram pesado para tentar conquistar o Liga dos Campeões. Porém, o ex-treinador do rubro-negro foi pego de surpresa após eliminação precoce na maior competição europeia.

PVC

PVC

Para o jornalista Paulo Vinícius Coelho, a queda na competição faz com que o português sofra mais pressão na equipe europeia do que teria no Flamengo. Segundo PVC, caso o treinador português tivesse permanecido na equipe carioca, ele estaria disputando a Libertadores e o Brasileirão, enquanto na equipe portuguesa – após ser eliminada da Liga dos Campeões – só lhe resta o campeonato nacional e a Liga Europa.

Ainda segundo PVC, Jorge Jesus também sofre pressão por ter contrato de apenas duas temporadas com o Benfica, deste modo, o português só tem mais uma chance de chegar na fase de mata-mata da Liga dos Campeões da Europa. Fora da maior competição de clubes do mundo, o Mister passa a ter a obrigação de conquistar o Campeonato Português.

Próximo compromisso do Flamengo

Após ter sequencia de vitórias interrompida no Campeonato Brasileiro, depois de ser derrotado por 2 a 0 pelo Ceara, o time comandado pelo catalão Domènec Torrent encara o primeiro compromisso na Copa Libertadores da América após a retomada do futebol.

Flamengo e Independiente Del Valle se enfrentam no Equador, nesta quinta-feira (17), às 21h (horário de Brasília).

LEIA MAIS SOBRE FLAMENGO

Diego Alves testa negativo para Covid-19 e está de volta