Racismo no Fla-Flu: Pai de Gabigol se pronuncia sobre ofensa racista sofrida pelo filho

Racismo no Fla-Flu: Pai de Gabigol se pronuncia sobre ofensa racista sofrida pelo filho

No último domingo (6), foi realizado o primeiro clássico Fla x Flu de 2022. A partida foi marcada por confusões e o Fluminense conseguiu a vitória por 1 a 0 com gol nos minutos finais da partida. Entretanto, não foi dentro de campo que aconteceu o episódio mais lamentável do confronto. Enquanto se dirigia ao […]

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

No último domingo (6), foi realizado o primeiro clássico Fla x Flu de 2022. A partida foi marcada por confusões e o Fluminense conseguiu a vitória por 1 a 0 com gol nos minutos finais da partida. Entretanto, não foi dentro de campo que aconteceu o episódio mais lamentável do confronto. Enquanto se dirigia ao vestiário para o Intervalo, Gabigol foi vítima de racismo, manchando assim, um dos clássicos mais disputados do país.

Valdemir Silva, pai do camisa 9 rubro-negro, utilizou o Twitter para mostrar sua indignação com o ato racista sofrido pelo filho. Na declaração, Valdemir reclama da falta de atitude das autoridades envolvidas para que atos como este seja cada vez menos frequente.

“Faço minha as suas palavras, Luís Roberto… Aqueles que insistem em virar as costas para coisas tão claras e nítidas ficarão para o segundo plano e sobre os olhares desconfiados dos seus próprios filhos… Parabéns para os grandes ‘poderosos’ envolvidos, que preferem se esconder ao invés de procurar uma solução para esses crimes! Orgulho de nossa raça, sempre”.

Como vimos na declaração, o pai de Gabigol está respondendo a uma declaração do narrador da Globo, Luiz Roberto, ao SporTV, que também se mostrou indignado com o ocorrido e questionou a falta de atitude das autoridades por uma solução para casos como o do camisa 9.

“Tem que mudar o teor desses casos, é crime! E para você que acha que é ‘mimimi’, Brasil foi um dos últimos a abolir a escravidão e as pessoas falavam o mesmo. Daqui a um tempo, até seus filhos não vão te apoiar”.

Logo após ser vítima de racismo, o próprio Gabigol também mostrou sua revolta e revelou que jamais irá se calar diante de casos como este.

“Até quando? Até quando isso vai acontecer sem punição? Jamais vou me calar, é inadmissível que passemos por isso!! Orgulho da minha raça, orgulho da minha cor!! #RacismoNão”.

  • Autor: Romário Carvalho ,
  • 09/02/2022 ,
  • Atualizado: 09/02/2022

Flahoje.com surgiu como uma alternativa para os flamenguistas curtirem as notícias do seu time imparcialmente.

© 2022 Flahoje. Todos os direitos reservados.