sexta-feira, setembro 25, 2020
Início Notícias Raulino de Oliveira é o Estádio mais viável ao Flamengo.

Raulino de Oliveira é o Estádio mais viável ao Flamengo.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

LANCE: O Flamengo já tem data para retornar ao Ninho do
Urubu: dia 1º de março, terça-feira que vem, dia seguinte à provável folga que
vai suceder a partida contra o Resende, domingo, no Raulino de Oliveira, em
Volta Redonda. Até lá, os treinos serão realizados na Gávea, sede rubro-negra,
que recebe todas as atividades desde o início da temporada. A confirmação foi
feita pelo diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano após a vitória sobre o
Fluminense.

– Dia 29 iremos já para iniciar as atividades no dia 1º,
quando teremos uma semana chamada “semana cheia” de treinamentos –
comentou o dirigente.
Outro assunto abordado pelo dirigente na rápida conversa no
Mané Garrincha foi a indefinição sobre o estádio que o Flamengo vai definir
como casa neste ano. Após o clássico, o técnico Muricy Ramalho cobrou do
presidente Eduardo Bandeira de Mello, que estava na sala de imprensa, uma
definição sobre o tema. Caetano lamentou o fechamento do Maracanã e admitiu que
não há nada concreto sobre o assunto, que também leva em conta a parte
financeira.
– Não temos ainda isso definido, mas o desejo do Muricy é o
mesmo que o nosso. O desejo inicial, na verdade, era que tivéssemos o Maracanã,
que é a casa do Flamengo. Mas, como não temos essa possibilidade, não dá para
elegermos apenas o aspecto financeiro, óbvio, até porque o Flamengo é um clube
de futebol, depende dos resultados, e nós montamos uma equipe para brigar pelo
título do Campeonato Brasileiro. E isso vai ser um adversário a mais. É importante
até o torcedor compreender. Vamos tentar equilibrar: cumprir o orçamento e a
nossa missão no Brasileiro. Apesar de termos que jogar algumas partidas fora do
Rio, a sugestão é de definirmos um estádio para abrigar um número maior de
jogos. Isso é bom até para a rotina, que é fundamental hoje no futebol – disse
o dirigente rubro-negro.
Em tese, o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, já
elogiado por Muricy, é o caminho mais viável para o Flamengo. Caetano,
entretanto, prefere não confirmar e novamente diz que ainda não está nada
definido sobre o assunto.
– Talvez de equilibrar algumas coisas. Sabemos que é um
estádio em perfeitas condições, mas também tem a questão do que o Flamengo
deixaria de arrecadar. É uma questão que envolve questão financeira que muitas
vezes se sobrepõe a mim e ao Muricy. Vamos decidir o que será melhor no aspecto
esportivo e financeiro, mas já sabendo que os prejuízos virão, não tenha a
menor dúvida. Por isso a gente lamenta tanto sempre que pode – finalizou.
Em um mês de temporada, o Flamengo já jogou cinco vezes
fora do Rio de Janeiro (Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Espírito Santo e
Distrito Federal) e duas em cidades cariocas, mas distantes da capita: Volta
Redonda e Macaé. Nesta semana, o clube retorna às duas. Na quarta, enfrenta a
Cabofriense, no Moacyrzão, Macaé. Já no domingo, encara o Resende, em Volta
Redonda.

MAIS LIDOS

Conmebol nega pedido do Fla para inscrever mais dez atletas na Libertadores

O Flamengo sofre com o surto de contaminação pelo novo coronavírus instalado no clube. 16 jogadores pegaram Covid-19 nos últimos dias e a equipe...

Jair Ventura pede atacante do Flamengo pagando 100% do salário

O Flamengo possui um dos times mais qualificados do futebol sul-americano. Com tamanha qualidade técnica, é certo que muitos jovens atletas não terão a...

Cada um pensando em seu próprio umbigo

Muito do que tem acontecido nas últimas horas no futebol brasileiro serve para reforçar algo que já é histórico em relação a nossos dirigentes:...

Dirigente espera poder contar com atletas infectados na quarta

O Flamengo está passando por um surto de covid-19 em seu elenco. Ao todo, são 23 casos, inclusive entre comissão técnica e dirigentes. O...