segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Reforço do Flamengo tenta seguir trajetória de Sheik.

Reforço do Flamengo tenta seguir trajetória de Sheik.

UOL – Uma
carreira no exterior, longe dos grandes cenários do futebol mundial. Ainda
desconhecido no Brasil, Kayke retorna ao Flamengo, clube onde foi revelado,
tendo como inspiração um companheiro de ataque: Sheik.
Assim
como o reforço rubro-negro, Emerson se jogou mundo afora para tentar ganhar a
vida após dar de cara com portas fechadas no profissional.
Enquanto
Kayke fez carreira em países nórdicos da Europa como Suécia, Noruega e
Dinamarca, Sheik conquistou seu território no Japão, Qatar e Emirados Árabes.
Determinados,
deram um salto financeiro e conquistaram adaptação e respeito fora do país, mas
a saudade do Brasil bateu forte e decidiram voltar.
Em
2009, um ainda anônimo Emerson ganhou chance no Flamengo e teve explosão
meteórica. Fez gols, boas partidas, ganhou o carinho da torcida e até apelido,
que agora já caiu na boca do povo e virou “sobrenome”. Mesmo tarde,
já que chegou ao Brasil com 29 anos, construiu um currículo de respeito, tendo
conquistado um tricampeonato brasileiro, uma Libertadores e um Mundial.

Kayke ainda não teve a mesma sorte. Com um retorno um pouco mais precoce, já
que possui 27 anos, ele teve passagens de pouco brilho no Paraná e no
Atlético-GO. Este ano, no ABC, chamou a atenção dos clubes da Série A por,
atualmente, ser o vice-artilheiro da Série B. Mesmo com sondagens de outras
equipes grandes, optou pelo Flamengo por ser seu time do coração e onde viveu
boa parte de sua juventude.
“Eu
não tinha nem projeção de estar voltando para um time grande como o Flamengo.
Foram muitas propostas de vários times, mas quando apareceu o Flamengo, eu nem
pensei. Não era um objetivo e, sim, um sonho distante. Eu achava que teria que
passar por alguma etapa ainda antes de chegar lá, mas Deus me abençoou dessa
forma e agradeço ao ABC por isso. Joguei 12 anos pelo Flamengo, atuei algumas
vezes em 2007, e hoje eu estou voltando para continuar essa história”,
disse em entrevista coletiva de despedida do ABC.
Como
profissional pelo Rubro-Negro, Kayke atuou em apenas quatro partidas em 2007.
Na Europa, defendeu o  Häcken (SUE) e o
Tromso (NOR), em 2010, e o  AaB Aalborg,
de 2011 a 2013. Em 2014, ainda teve uma passagem pelo Nacional (POR).

MAIS LIDOS

Presidente do Atlético-MG afirma que vai pedir a exclusão do Fla do Brasileirão

Após muita polêmica, a partida entre Palmeiras e Flamengo foi realizada. O ocorrido gerou muitas reclamações de outros clubes pelo fato de o time...

Fla hoje: Hugo ou César na Libertadores?

O Fla hoje agora está focado na disputa da Libertadores da América. Na próxima quarta-feira, o Rubro-negro carioca tem pela frente um dos jogos...

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...