Respeitem o Flamengo!

Faixa “O Brasileiro é obrigação” da torcida do Flamengo – Foto: Divulgação

FALANDO DE FLAMENGO: Por Thiago Nascimento

Mais
um vexame na noite de ontem foi carimbado no passaporte de viagens utilizado
pelo Flamengo durante a temporada de 2017.
O time
não mostrou poder de reação diante de um adversário fraco e que possui um
técnico recém chegado. Aliás, por uma ironia do destino, o técnico era aquele
contestado dia e noite por boa parte da torcida do Flamengo, mas que saiu como
o vencedor do duelo de ontem a noite contra o novato técnico-estrategista do
clube da Gávea.
Com
certeza, noventa e nove por cento da torcida que têm como única e exclusiva
preocupação, torcer para o Flamengo (e nada mais!!), tem todo o direito de
estar chateada com o futebol esdrúxulo que o time vem apresentando.
E essa
chateação engloba torcedores Rubro Negros que não possuem sequer dinheiro para
comprar uma camisa oficial, até aqueles que possuem dinheiro para comprar as
trocentas camisas oficiais que existem e que também são assíduos no setor
Maracanã Mais, mas que nem por isso: se acham mais Rubro Negros do que os
outros.
Somente
um(a) Rubro Negro(a) alienado(a) não percebe a evolução administrativa que o
clube tem/teve nos últimos anos. Isso não se discute. Entretanto, tal evolução
precisa chegar ao futebol da Gávea.
Recursos
financeiros, Centro de Inteligência, Centro de Treinamento, Centro de
Recuperação e tudo que há disponível… sem dúvida, é algo para se aplaudir.
Porém,
os aplausos não são simplesmente pelo feito, e sim porquê todos os envolvidos
não fizeram nada mais do que cumprirem com as suas obrigações. E por cumprirem
as suas obrigações, o futebol do Flamengo precisa conquistar títulos, títulos e
mais títulos.
A
imensa Nação Rubro Negra, espera que haja disposição e competência dos
responsáveis por gerir o futebol do Flamengo.
O que
a torcida quer ver/sentir, é a gestão do futebol dando frutos e imensas
alegrias a quem sempre carregou esse clube no colo.
É
o-bri-ga-ção dar alegria para essa torcida que apoia 24 horas por dia. Uma
torcida que não estipula hora ou data para torcer, vibrar e chorar pelo
Flamengo. Uma torcida que apóia o time nos momentos bons e momentos ruins.
Enquanto
isso, eu vou ficando por aqui. Torcendo, vibrando e acompanhando o Flamengo
sempre de perto. Seja no estádio, seja pela Televisão, seja envergando o meu
Manto Sagrado aonde eu for… ou até mesmo, torcendo e escutando o velho,
infalível e bom radinho (hábito que cultivo desde a minha infância).
Saudações
Rubro Negras.

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Respeitem o Flamengo!

Foto: Divulgação

FLAMENGO
RJ
: A gente começa o ano disputando um Carioca, no qual o Presidente de um
clube de segunda, desesperado para tentar mostrar que o seu time ainda é
grande, se agarra à competição como um bote salva vidas.

Profundo
conhecedor dos PODRES do Presidente da Federação local que é, ele o encosta na
parede e o obriga a trabalharem juntos contra o principal adversário.
Nossos
Dirigentes se revoltam; nossos torcedores também. Mas o campeonato Carioca nós
já vencemos TANTAS vezes e já está TÃO esvaziado atualmente (exatamente por
causa dessas manobras escusas), que acabamos o deixando em segundo plano e
focando no que realmente nos interessa. E o que interessa, para Diretoria e
Torcedores, é o Brasileiro.
Mas
será que o Brasileiro funciona diferente? Se engana quem acredita que sim.
Mudam os protagonistas, mas o cenário é O MESMO. Pior até!
O tal
do Del Nero, Presidente da CBF, que, não surpreendentemente, é investigado pelo
FBI e NÃO PODE sair do país sob o risco de ir para o xilindró, é o
ex-presidente da Federação Paulista de Futebol. Da mesma forma que o Coronel
Marinho (e seu antecessor no cargo), que comanda as arbitragens na CBF, é o
ex-chefe das arbitragens de São Paulo. Há muito tempo, TODOS os cargos de poder
na CBF são de ex-integrantes da Federação Paulista. TODOS!!!
O
resultado disso nós temos visto rodada após rodada, ano após ano.
A
mídia, que poderia dar a ênfase que uma situação VERGONHOSA como essa merece
(exceção feita ao Mauro Cesar e uns poucos outros jornalistas com um mínimo de
dignidade e caráter), trata do assunto como sendo apenas “incompetência das
arbitragens”. Não chega a surpreender essa tentativa de disfarçar o
indisfarçável, já que não passam de medíocres escravos de seus pontos
eletrônicos.
A
Globo (e afiliadas), detentora dos direitos exclusivos de transmissão, que
deveria ser a maior interessada em exibir um produto LIMPO, tradicionalmente,
está do lado do Poder. Já na Revolução de 64, se posicionava assim e continua
agindo assim até hoje. E se os clubes favorecidos são os da região de melhor
poder aquisitivo do país, os torcedores desses clubes estão satisfeitos e
consumindo seus produtos, para ela está ÓTIMO.
Quem
sabe, então, o erro não seja nosso? Talvez a solução fosse o nosso Presidente,
ao invés de investir em um elenco forte, qualificado, recebendo em dia, passar
a investir na compra de árbitros, no suborno a Dirigentes do alto escalão da
CBF, ou na política dos Tribunais.
O
problema é que o Flamengo, hoje em dia, não é apenas uma REFERÊNCIA em
administração financeira. É também de ÉTICA, DECÊNCIA, PROFISSIONALISMO e
SERIEDADE. Não faz conchavos, não mete a mão na LAMA, mantém acordos de
palavra.
Isso,
cada vez mais, o permite ir se distanciando daqueles que se julgam DONOS do
futebol praticado aqui e para quem o campeonato é dirigido para ser entregue. A
proximidade da utilização da tecnologia no futebol, inevitavelmente, será um
obstáculo a mais para que esses continuem fabricando resultados.
Diante
deste cenário “pré-apocalíptico”, para as pretensões de quem não pretende mudar
o quadro atual, não chega a surpreender a atitude de todas as instâncias,
CÚMPLICES do script programado. Estão agindo como saqueadores de supermercados,
diante de uma “tragédia” iminente. Furtam o quanto podem agora, pela percepção
da impossibilidade de fazê-lo mais tarde.
Mas
não será com a produção de “asteriscos” que impedirão a nós e a nossa equipe de
continuar lutando, CONTRA TUDO E CONTRA TODOS, como sempre tem sido. Vamos
LOTAR o Maraca nesses jogos que ainda nos restam e vamos mostrar aos nossos
jogadores que NINGUÉM nesse país tem apoio tão grande e que ficaremos ao lado
deles ATÉ O FIM.
Mas para
tudo existe um limite e não acho recomendável essa “gente” continuar com a
arriscada prática de ficar “fustigando leão com vara curta”, ao se utilizarem
dos meios mais sórdidos possíveis, para impedir que alcancemos nossos
objetivos.
Representamos
praticamente um quinto da população desse país; as Redes Sociais hoje em dia
são um poderosíssimo meio de comunicação; e, se fomos capazes de nos
organizarmos e levar mais de cinco mil dos nossos a um aeroporto, apenas para
levar nosso apoio, imaginem quantos poderemos ser para defendermos nossos
direitos em risco. Portanto, fica o recado: RESPEITEM O FLAMENGO, ou arquem com
as consequências.
Ricardo
Perez
Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.