segunda-feira, setembro 21, 2020
Início Notícias Reviravolta! Landim pode unir Chapas de Wallim e Bandeira.

Reviravolta! Landim pode unir Chapas de Wallim e Bandeira.

O
Globo – Uma reviravolta política promete mudar o panorama eleitoral do
Flamengo, a menos de quatro meses para o pleito que elegerá o novo presidente
rubro-negro, no início de dezembro. Os dois principais candidatos, o atual
mandatário, Eduardo Bandeira de Mello, e o ex-vice de patrimônio, Wallim
Vasconcellos, foram procurados para tentar uma reunificação da Chapa Azul em
torno de uma terceira opção, um candidato de consenso que substituiria os dois
nomes. Ex-vice de planejamento e atualmente integrante da chapa de Wallim, como
candidato a vice, Rodolfo Landim é o nome escolhido para essa nova composição,
de acordo com o vice de finanças do clube, Rodrigo Tostes, que foi o
responsável pela articulação política.
Tostes
obteve de ambos a confirmação de que eles abririam mão das suas candidaturas em
favor de Landim. O possível futuro candidato está nos Estados Unidos, em viagem
de trabalho, e só deve voltar ao Rio de Janeiro no fim de semana. No entanto,
em uma longa conversa por telefone com Tostes, na madrugada desta quinta-feira,
Landim não se opôs à ideia.

Conversei com o Landim, e ele me disse: ‘Eu faço qualquer coisa para manter o
grupo unido, inclusive ser candidato a presidente’ – afirmou Tostes.
Wallim confirma possibilidade, Bandeira
desconversa
Homem
forte do Conselho Gestor do Flamengo e responsável direto pelo rígido controle
orçamentário implantado pelo clube na gestão de Bandeira, iniciada em 2013,
Tostes evitou escolher um lado para apoiar quando a antiga Chapa Azul se
dividiu entre partidários de Bandeira e de Wallim para a próxima eleição. Na
sua opinião, a melhor opção ainda era a volta do antigo grupo político. Por
isso, Tostes passou as últimas semanas em seguidas reuniões para tentar
encontrar um consenso.
– Eu
me reuni com ambos (Bandeira e Wallim) e tentei entender as diferenças para
unir o grupo novamente, e foi possível ver que há um caminho comum, e os dois
me disseram que abririam mão da candidatura se fosse eu ou o Landim o candidato
– afirmou Tostes, que não pode ser candidato por não ter tempo suficiente como
sócio do clube e, principalmente, devido à sua intensa agenda nos próximos
meses como diretor executivo de operações Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos
Rio-2016.
Wallim
confirmou a possibilidade de retirar sua candidatura:
– Eu
estou disposto a isso, tranquilamente. Ser presidente não é um projeto de vida,
meu projeto é o Flamengo. Gosto muito e confio plenamente no Landim, tanto que
ele é meu candidato a vice. Se for para unir a chapa (Azul) novamente, eu
abiria mão da candidatura. Se o Eduardo topar (retirar a candidatura dele), por
mim está fechado.
Procurado,
através da assessoria do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello não confirmou nem
negou as informações, limitando-se a dizer que está focado em administrar o
Flamengo e não quer falar sobre eleições agora. A data limite para confirmação
oficial das candidaturas é 30 de setembro.
Antigos
integrantes da diretoria na gestão Bandeira, Wallim, Landim e o ex-vice de
comunicação, Gustavo Oliveira, se uniram em torno da candidatura de Wallim, por
defenderem o revezamento no grupo político que assumiu o Flamengo há quase
três, em vez da continuidade de Bandeira. No dia da apresentação da chapa,
chamada ‘Vencer, Vencer, Vencer’, os três foram exonerados dos seus cargos por
Bandeira, que marcou para esta quinta-feira a apresentação dos novos
vice-presidentes, entre eles o humorista Antonio Tabet, que assumirá a pasta de
comunicação.
Como
ainda não conversou com Landim sobre a possível candidatura do colega, Wallim
preferiu não se pronunciar a respeito de uma eventual nova composição da chapa,
já que essa articulação dependeria também de negociações com Bandeira. Tostes
também não tem pressa para tratar do assunto, mas está confiante na união dos
antigos aliados.

Não vou antecipar nada (sobre a composição da chapa) até o Landim voltar de
viagem. Se o Eduardo e o Wallim pensarem no Flamengo, tem uma chance de manter
o grupo unido, apesar das diferenças.
Enquanto
Wallim e Bandeira rediscutem a situação das suas chapas, o ex-vice de
administação do Flamengo Cacau Cotta, que integrou a diretoria na gestão
Patrícia Amorim, lançará nesta sexta-feira sua candidatura à presidência, tendo
como vice o advogado Paulo Cesar Ribeiro.

MAIS LIDOS

Domenec agradece: Conheça os jovens jogadores chamados ao Equador

Domenec terá quatro jogadores pouco conhecidas por ele (e até nós) para a partida desta terça-feira pela Libertadores. Natan, João Lucas, Guilherme Bala e...

Torcedores pedem para adiar o jogo do Flamengo

O Flamengo confirmou nesta segunda-feira o sétimo contaminado pelo Novo Coronavírus. Com tantos desfalques e risco iminente de um surto dentro do Rubro-negro, com...

O futebol não foge do mundo exterior

Desde que o Flamengo anunciou seus infectados, torcedores tem buscado nas redes sociais "explicações" para isso ter acontecido, como se o futebol fosse aquém...

Onde assistir Barcelona x Flamengo ao vivo

O Flamengo não está vivendo dias fáceis. Enquanto no Brasileirão vem de uma dura derrota para o Ceará, na Libertadores o Rubro-negro passou uma...