Ribeiro se irrita com agressão de dirigente do Vasco a Gabigol: “Isso não pode acontecer”

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira (13) e empatou com o Vasco da Gama em 4 a 4. A partida foi bastante disputada dentro das quatro linhas, mas um episódio negativo marcou o duelo entre as equipes: Gabriel Barbosa, atacante rubro-negro, foi agredido pelo gerente de futebol do Vasco, André Souza, após o término do clássico.

Depois que os ânimos esfriaram, Everton Ribeiro concedeu entrevista na zona mista do Maracanã e lamentou o ocorrido. O meia ponderou que os atletas, mesmo com sangue quente, procuram sempre apaziguar e relevar. Sendo assim, não pode que um dirigente entre em campo para agir dessa forma agressiva com os jogadores.

FOTO: ISABELLE COSTA / COLUNA DO FLA

– A gente estava comemorando com nossa torcida, saudando nossa torcida, depois vimos um tumulto com o Gabriel. Não foi nem os jogadores, foi algum membro da comissão, nem uniformizado estava. Isso não pode acontecer. Se nós, jogadores, tentamos manter os ânimos não tão acalorados, não pode entrar alguém e fazer aquilo –, disse Everton Ribeiro.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo (17), contra o Grêmio. A partida acontece na arena gremista, às 16h (horário de Brasília). O confronto é válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Fla é o líder isolado da competição, com 78 pontos, e o Tricolor ocupa a quarta colocação, com 56.

Por: Coluna do Fla

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.