• Início
  • Notícias
  • Rodrigo Caio admite tristeza com saída de Cuéllar, mas diz: “Vida que segue”
Publicidade

Rodrigo Caio admite tristeza com saída de Cuéllar, mas diz: “Vida que segue”

Publicidade

Uma negociação que vinha se arrastando nas últimas semanas chegou ao fim nesta sexta-feira (30): o volante Gustavo Cuéllar, após muito insistir, conseguiu a liberação do Flamengo para fechar com o Al Hilal, da Arábia Saudita. A notícia pegou o zagueiro Rodrigo Caio de surpresa, como o próprio camisa 3 revelou em entrevista coletiva no início da tarde.

– Acabei sabendo há pouco tempo da liberação para ele (Cuéllar) resolver. Se concretizar, a gente fica triste, pelo jogador e pessoa. São decisões que temos que tomar pensando na carreira e espero que seja feliz. E um cara do bem, tive um convívio bom com ele e me ajudou muito quando cheguei aqui. Que ele seja feliz, vida que segue –, disse o zagueiro

FOTO: JOÃO PEDRO GRANETTE/COLUNA DO FLA

– Conversei com ele, dei um abraço e é isso. Que seja feliz. Ainda tem coisa para concretizar, a gente sabe como funciona, mas desejamos toda sorte do mundo. É um cara que merece muito -, completou em seguida. Por fim, Rodrigo Caio preferiu não entrar no mérito da decisão de Cuéllar:

– Isso é uma decisão pessoal. Não podemos entrar nesse mérito de perguntar o por que de sair. Isso só cabe a pessoa decidir. Ele, junto com a família, toma a decisão cabível para o futuro dele. A gente, de fora, torce para que as coisas sejam resolvidas de forma saudável para ele e para o Flamengo. Queríamos contar com ele, se não é o principal, é um dos principais do nosso time. Não vemos ele fazendo partidas abaixo do nível. Caso ele vá embora, temos jogadores no elenco para suprir a ausência. É um grande cara, um grande jogador e merece todo sucesso do mundo.

Titular absoluto em 2019, Cuéllar participou de 33 das 47 partidas que o Rubro-Negro realizou ao longo do ano. Contratado pelo Flamengo em 2016, Cuéllar acumulou 167 aparições em jogos oficiais. O jogador deixa o clube com dois títulos do Campeonato Carioca, além de três vices – um no Brasileirão (2018), um na Copa do Brasil (2017) e outro na Copa Sul-Americana (2017).

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod