01
  • Início
  • Notícias
  • RODRIGO MUNIZ É CRAQUE: Jovem ex-Flamengo faz dois belos gols em apenas 23 minutos; assista

RODRIGO MUNIZ É CRAQUE: Jovem ex-Flamengo faz dois belos gols em apenas 23 minutos; assista

Neto faz dura acusação sobre Gabigol em confusão com Valentin: “Foi humilhado”

Além da importância, principalmente em relação ao Flamengo, que busca diminuir a distancia para o Atlético-MG e mirar o tricampeonato nacional, o duelo entre rubro-negro e Furacão na noite da última terça-feira (2), em jogo atrasado da quarta rodada do Brasileirão, foi recheado de histórias. Um dos principais destaques da partida, Gabigol, assinalou os dois gols do time carioca e ainda esteve envolvido em várias situações.

Um dos momentos que gerou confusão, foi quando Gabigol saiu abraçado com Marcinho, e o treinador do Furacão, Alberto Valentim, chegou para separar os jogadores. Depois disso, o presidente do Athletico-PR, Mario Celso Petraglia, precisou ser contido para não partir para cima do camisa 9 rubro-negro. Analisando a situação no “Os Donos da Bola”, Neto deu seu ponto de vista sobre o ocorrido e afirmou que houve humilhação por parte do atacante do time carioca.

“Eu sei o que aconteceu. O Gabigol sai abraçado com o Marcinho e o Valentim vai tirar o Marcinho de perto. Aí o Gabigol xinga e tira sarro do Valentim. Aí o Petraglia foi pra dentro. Parabéns a ele. O Valentim foi humilhado pelo Gabigol. Essa soberba do Gabigol tá demais. Defendi ele aqui outro dia, quando xingaram a mãe dele, mas tá demais”.

Com o resultado de 2 a 2, o Flamengo se manteve na terceira colocação na tabela de classificação com 50 pontos somados e agora com um jogo a menos em relação ao Atlético-MG, que soma 59 pontos. Buscando diminuir ainda mais a distancia, que agora é de 9 pontos para o líder, o time carioca encara o Atlético-GO, na próxima sexta-feira (5), ás 21h30 (horário de Brasília), no estádio do Maracanã.

Outro fato polêmico, e que irritou o time do Flamengo, foi a expulsão de Renato Kayser. Ainda na primeira etapa, o jogador do Furacão dividiu com Léo Pereira e o juiz da partida acabou expulsando o jogador. Depois disso, o VAR interferiu foi responsável pela anulação do cartão vermelho e Kayzer seguiu em campo. Curiosamente, o primeiro gol do Athletico foi marcado pelo próprio.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod