01
  • Início
  • Coluna
  • Flamengo
  • Rodrigo Caio revive drama na Seleção Brasileira e zaga do Flamengo volta a ser discutida

Rodrigo Caio revive drama na Seleção Brasileira e zaga do Flamengo volta a ser discutida

Incertezas sobre o futuro do zagueiro Rodrigo Caio, volta á retornar ao coração do Flamengo, que vê mais uma vez, seu principal atleta da zaga se machucar, estando em uma preparação com a Seleção Brasileira. Todavia, isso começou em novembro do ano passado, quando uma discordância sobre o estado físico do atleta, gerou uma crise entre os departamentos médicos da CBF e do clube carioca.

Por isso, o momento em questão que o mesmo vive, o clube do Flamengo veio informar que o seu camisa 3, retornou das Eliminatórias com um edema em seu joelho, que se agravou por causa da discordância das partes. Quando a notícia que o atleta voltou a se machucar, em serviço da equipe Nacional, o departamento médico rubro-negro, fica bastante preocupado, visto que com o cronograma cheio, isso pode ser uma grande problema para o setor defensivo.

Rodrigo Caio desfalca a seleção em treino nesta segunda-feira
Foto: Lucas Figueiredo

Setor Defensivo.

Dessa forma, com um desempenho ainda não muito bom, o técnico Rogério Ceni, poderá voltar a analisar outras de suas chances, para que assim reverta a desconfiança dos torcedores. No momento que marcou a ausência de Rodrigo, pois estava com um incômodo no músculo adutor da coxa direita; a defesa passou por uma série de testes, contudo não conseguiu chegar a um acordo. Gustavo Henrique, Léo Pereira e Bruno Viana foram utilizados, mas sem conseguir carimbar a vaga de titular a ponto de fazer o treinador repensar a formação do miolo defensivo.

Sendo assim, quem segue atualmente na vaga é o volante Willian Arão, que atual como um dos titulares. Vale lembrar que os três que, foram titulares no mesmo jogo contra a LDU, do Equador; na penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores. Nessa fase, Ceni decidiu optar por deixar no banco seus titulares, para dá um descanso aos mesmo, com isso, formou a dupla Bruno Viana e Gustavo Henrique, e usou Léo Pereira improvisado na lateral esquerda.

“O grande problema será a Copa América. Temos ótimos jogadores, mas perco as trocas quando esses atletas saem. Vamos tentar, depois dos dias de folga, inserir a parte física e a parte tática. Temos de sofrer menos gols e fazer placares maiores”, afirma o técnico, numa entrevista realizada, após a vitória sobre o Palmeiras. O grande problema que incomoda o treinador é, que o time está sendo constantemente vazado nas bolas aéreas.

Acertos nas mudanças

No jogo com o Vélez Sarsfield, da Argentina, e o Alviverde, na estreai do Brasileiro, conseguiu terminar o jogo sem sofrer nenhum gol; assim Rogério Ceni avaliou essa grande vitória neste quesito: “Vencer sem sofrer gols é o ideal. Vencer com uma margem de gols também é ideal, e a gente tentou. Logicamente que a gente fica feliz por passar (zerado na defesa), é natural que um time que tem vocação ofensiva se exponha um pouco mais. Mas mais uma vez passar zerado no jogo é importante”, ressaltou o comandante do clube rubro-negro.

Mesmo após receber a notícia, o clube encontra-se na espera de um posicionamento oficial, no que se diz respeito a real situação do zagueiro Rodrigo Caio, para que assim o clube possa montar uma estratégia, se preciso for. O Flamengo está sem entrar em campo desde o dia 30 de maio, por isso, o mesmo trabalha seu setor defensivo, para que o número do mesmo melhore.

O clube, está com 21 gols sofridos, nos 17 jogos em que a equipe principal voltou das férias, dessa forma, o Flamengo quer fechar todos seus espaços e resolver os jogos futuros. O mesmo, se encontra de olho no treta da Copa do Brasil, por isso, o elenco do time se prepara para o confronto com o Coritiba, na quinta às 21h30, no Couto Pereira.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod