01
  • Início
  • Coluna
  • Flamengo
  • Rogério Ceni não aceita acordo e Flamengo terá que pagar uma altíssima multa incisória

Rogério Ceni não aceita acordo e Flamengo terá que pagar uma altíssima multa incisória

Demitido na madrugada de sábado, o técnico Rogério Ceni não aceitou o acordo do Flamengo, que terá que pagar ao técnico a indenização integral. As informações são do jornal O Globo.

O contrato entre Rogério Ceni e Flamengo vai até o final do ano. O clube busca negociações para facilitar o pagamento e aliviar a quantia que seria paga, mas Ceni está bem relutante nesse quesito; fazendo que o clube carioca tenha que pagar R$ 3 milhões, valor esse da multa rescisória.

Blaz confirmou as negociações com Renato Augusto, Kennedy e Thiago Mendes e colocou mais alvos na mira do flamenco. O Flamengo entrou no mercado anunciando e apresentando novos treinadores.

Renato Gaúcho começou a trabalhar no clube nesta segunda-feira e fará sua estreia nos últimos 16 jogos da Libertadores contra o Defensa y Justicia na próxima quarta-feira. Seu contrato é válido até o final da temporada, mas se Rudolf Landim continuar na presidência, poderá renová-lo.

Flamengo demite o técnico Rogério Ceni | TNT Sports
Foto: Getty Images

Após a coletiva de imprensa do novo comandante, o Vice-Presidente de Futebol, Marcos Blaz, explicou que a renúncia de Ceni foi considerada e analisou sua experiência através de Rubro Negro.

“A decisão foi muito pensada e analisada. O Rogério deu certo no Flamengo. Quantos treinadores não tiveram o êxito esportivo dele? Foi Brasileiro, Estadual, Supercopa. Foi pensado e é página virada”, comunica o dirigente.

Além de Ceni

Rogério Mücke Ceni, mais conhecido apenas como Rogério Ceni é um técnico e ex-futebolista brasileiro que atuava como goleiro. Atualmente está sem clube. Revelado em 1990 pelo Sinop, do Mato Grosso, foi contratado no mesmo ano pelo São Paulo, equipe da qual foi titular de 1997 até 2015. Rogério possui inúmeros outros recordes expressivos, tal como o de maior goleiro artilheiro da história do futebol mundial, com 131 gols na data de sua aposentadoria, o jogador que mais vezes foi capitão de uma mesma equipe, 982 jogos, e também o de jogador que mais venceu por um mesmo clube na história, com mais de 601 vitórias, batendo o recorde de Ryan Giggs, que era de 589 vitórias.

Ficou conhecido pela torcida são paulina como Mito, um apelido criado pelo jornalista Vitor Birner em meados do ano 2000, com reconhecimento pelo espírito profissional, raçudo e comprometido com o clube, apelido o qual, depois das grandes atuações e dos vários títulos importantes entre 2005 e 2008, se popularizou. Em 2021, entrou numa lista seleta de pessoas que conquistaram o campeonato brasileiro como jogador e como técnico de futebol, sendo o 8° a conseguir tal feito


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod