quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias Saiba tudo o que melhorou na estrutura da Gávea, Sede do Flamengo.

Saiba tudo o que melhorou na estrutura da Gávea, Sede do Flamengo.

Vista aérea da Gávea, Sede do Flamengo – Foto: Divulgação

GLOBO
ESPORTE
: No mesmo dia em que a nova piscina do clube foi inaugurada, a
diretoria do Flamengo fez questão de destacar o legado que os sócios
rubro-negros terão com a parceria firmada com o Comitê Olímpico dos Estados
Unidos (USOC) para os Jogos de 2016. Com investimento total de R$ 5 milhões em
reformas de ginásios e compra de equipamentos, além de um programa de marketing
e troca de conhecimentos, os americanos montaram um “quartel general”
na sede da Gávea para ser o local de treinamentos durante a competição. Com um
forte esquema de segurança para receber centenas de atletas de 13 modalidades,
o comitê dos EUA vai limitar acessos e mudar a rotina de funcionamento do clube
carioca.

A
partir desta semana e até o final da Olimpíada do Rio de Janeiro, praticamente
metade da área da Gávea ficará sob responsabilidade dos americanos, que
montarão barreiras de fiscalização em determinados pontos e só permitirão a
entrada de pessoas credenciadas por eles. Nem mesmo funcionários do Flamengo
poderão entrar nas instalações cedidas no acordo feito. Apesar de o USOC não
divulgar o esquema de segurança montado, o espaço do QG americano foi
minuciosamente analisado, agentes devem ficar espalhados pelas ruas próximas, e
o estado de alerta será constante inclusive por causa da preocupação com o
terrorismo.
Um
mapa de aviso distribuído aos sócios mostra as alterações no funcionamento,
restrições e as proibições de circulação durante este período. Entre os locais
de uso exclusivo dos atletas dos EUA, estão os ginásios de basquete, de vôlei,
de ginástica artística, o campo de futebol (que será usado para rugby), quadra
de vôlei de praia, academia e sala para judô.
– Em
2013, no início do nosso mandato, foi encontramos um contrato com o Comitê
Olímpico Americano, mas os termos naquela época eram ruins para o Flamengo.
Teríamos quase que entregar o clube para eles como se fosse um aluguel, mas sem
contrapartida nenhuma deles. Quase que rompemos o contrato, mas conseguimos
negociar e no fim acabou sendo ótimo, fizemos uma parceria muito melhor,
vantajosa para o Flamengo. Antes o acordo era exclusivo, agora não é mais,
tanto que os britânicos e alguns russos também vão treinar aqui na Gávea. Com o
novo acordo, multiplicamos por quatro vezes o valor original do contrato. E
além das reformas e equipamentos novos, a parceria também envolve a troca de
experiência. Uma equipe do Flamengo vai passar uma semana com eles lá nos
Estados Unidos, temos muita coisa para aprender com os americanos em vários
aspectos – explicou Alexandre Póvoa, vice-presidente de esportes olímpicos do
Fla, citando o contrato inicial assinado em 2011 pela gestão da ex-presidente
Patrícia Amorim e renegociado depois que Eduardo Bandeira de Mello assumiu o
cargo.

Ginásio Hélio Maurício utilizado pelo time de Basquete do Flamengo – Foto: Cris Dissat / Fim de Jogo
As
modalidades dos Estados Unidos que treinarão na Gávea são badminton, basquete,
ginástica, judô, levantamento de peso, natação (mar aberto), pentatlo moderno,
remo, rugby, futebol, tênis de mesa, triatlo e vôlei de praia. O país também
terá outras bases no Rio, como a Escola Naval, por exemplo, que receberá o
atletismo. As principais melhorias feitas na sede do Rubro-Negro com a verba
financeira dos estrangeiros foram um novo sistema de ar condicionado nos
ginásios, troca da iluminação, pintura, instalação de novo piso, modernização
dos vestiários e a compra de equipamentos modernos esportivos, de preparação
física e fisioterapia.
Além
dos americanos, o Flamengo também vai receber nos Jogos Olímpicos a
Grã-Bretanha, que vem com uma delegação menor para o local, apenas cinco
modalidades, mas também investiu R$ 1 milhão em reformas. Somando os dois
países, serão cerca de 200 atletas internacionais na Gávea. A nova piscina
olímpica também ficará à disposição dos estrangeiros, será o único lugar
compartilhado entre os dois Comitês, e os sócios não poderão utilizá-la por
enquanto. Por causa do acordo, as aulas das escolinhas de esporte do clube
serão suspensas. Por outro lado, as piscinas sociais, sauna, quadras de tênis e
campo de futebol society permanecerão abertas normalmente aos sócios, já que
não serão usadas pelos americanos e nem pelos britânicos.

Claro que a vida do clube não vai ser normal neste período, os sócios vão ter
certa limitação, mas o legado que vai ficar para eles é enorme. O Comitê
Olímpicos dos Estados Unidos vai trazer sua própria equipe de segurança,
sabemos que existe uma preocupação grande quanto a isso. Mesmo assim, é
possível que em alguns treinos os sócios possam assistir durante um tempo. Mas
são os americanos que decidem isso, quem vai poder entrar ou não – disse Póvoa.

Ginásio Claudio Coutinho, na Sede do Flamengo – Foto: Cris Dissat / Fim de Jogo
O
valor investido pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos no Flamengo foi de R$ 5
milhões, o que representa 27% do investimento total de R$ 18 milhões feito em
infraestrutura e equipamentos nos esportes olímpicos do clube nos últimos três
anos e meio. O restante do dinheiro veio de projetos de leis do incentivo, patrocínios
e do próprio caixa flamenguista. Juntando tudo, incluindo despesas físicas e
operacionais, o investimento neste setor do Fla foi de R$ 78 milhões desde o
início de 2013 até agora.
Além
de receber americanos e britânicos, a Gávea terá um espaço no prédio principal
destinado à empresa de auditoria Ernst Young durante a Olimpíada. Já o Ninho do
Urubu, centro de treinamento de futebol, estará à disposição da seleção da
Argentina, e recebeu R$ 250 mil do Comitê Rio 2016 para a reforma de campos e
vestiários.

MAIS LIDOS

Audiência do Flamengo no SBT vence a Globo; veja os números

O Flamengo jogou na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em confronto válido pela Libertadores da América. Diferentemente do jogo de ida...

Torcedores invadem perfil do Del Valle e devolvem provocações após goleada

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O torcedor do Rubro-negro ficou preocupado com o...

Flamengo se impõe e atropela Del Valle em noite de classificação garantida; veja as notas

O Flamengo entrou em campo diante do Independiente Del Valle, mais uma vez todo remendado. Mas a presença dos garotos do sub-20 parece não...

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...