Saiu a escalação do Flamengo; confira as mudanças e o pré-jogo

0
#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça
a#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

Flamengo e Ceará entram em campo daqui a pouco em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Com objetivos bastante diferentes na competição, o Flamengo ainda sonha pelo título, enquanto o Ceará luta contra o rebaixamento. Assim, cabe ao Flamengo provar em campo seu teórico favoritismo. Rogério Ceni definiu a equipe que vai a campo, com algumas alterações. Porém, ela é bastante polêmica.

Gustavo Henrique está de volta ao time titular. O zagueiro assume a vaga de Nathan e formará dupla de zaga com Rodrigo Caio. Hugo Souza foi para o banco de forma inexplicável, César assume a vaga. Nas laterais, nenhuma novidade, Filipe Luís do lado esquerdo e Isla na direita. Filipe sofreu inúmeras críticas na última partida. Ele errou no último lance que determinou a vitória do rival. Mas é importante dizer que o rendimento de Filipe já é questionado mesmo antes da falha no clássico.

No meio, Arão e Gérson formam a dupla de volantes. Mais avançados estão Arrascaeta e Everton Ribeiro. Já no ataque, Bruno Henrique e Pedro formam a dupla de ataque. Dessa forma, Gabigol foi barrado do time. Assim, Rogério opta por mudanças polêmicas para a partida, em busca de resultado positivo.

Confira a escalação:

Jogadores muito questionados

Do elenco rubro-negro, os jogadores mais questionados são Filipe Luís, Everton Ribeiro e Arão. Porém, pela escalação podemos notar a permanência dos três e a inclusão de outro jogador criticado, Gustavo Henrique. Assim, Rogério “brinca com fogo” e precisará de uma vez por todas, fazer o time jogar bola. A única forma dele conseguir convencer o torcedor será assim, vencendo e convencendo. Caso contrário, com escolhas questionáveis e sem colher resultados, Ceni sepulta sua passagem.

A torcida também critica o time coletivamente. O Flamengo não consegue fazer triangulações, toques rápidos, movimentações penetrando na defesa adversária, entre outras jogadas de repertório ofensivo. Assim, a limitação ficou gritante nos últimos dois jogos. Além disso, a defesa é muito fraca, não em nomes, mas em posicionamento e organização. Virou impossível sentir confiança no sistema defensivo, um dos mais vazados do brasileirão 2020, entre times de zona de rebaixamento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui