Salvo por um tombo.

Por: Fla hoje

Renato
Maurício Prado – A contusão de Jonas, ainda no primeiro tempo, ajudou o técnico
Cristóvão que, uma vez mais, insistiu em começar uma partida que precisava
vencer com três volantes no meio-campo. Obrigado a fazer a substituição, optou
por Marcelo Cirino, recuando Canteros e Éverton e passando Emerson para a
esquerda, o que equilibrou o time e o levou a vitória por 2 a 0 sobre o
Náutico.

É
impressionante a teimosia da maior parte dos nossos técnicos, que sempre armam
os seus times muito mais preocupados em não levar gols do que em marcá-los.
Basta ter um cabeça de área um pouco menos botinudo para que tentem
transformá-lo em meia, na maioria das vezes com resultados pífios: não se ganha
um armador e perde-se um volante com boa saída de bola. É o caso de Canteros
que, como marcador, pode até ser bom jogador mas, como meia, é medíocre.
Quem
não tem nada de medíocre é o jovem lateral-esquerdo Jorge sobre quem, faz
tempo, só ouço grandes elogios (antes mesmo do mundial sub-20, onde foi um dos
destaques). Diante disso, salta aos olhos a incompetência do departamento de
futebol rubro-negro, que deixou que Vanderlei trouxesse Anderson Pico,
Thalisson e, por fim Armero.
Quanto
dinheiro jogado fora. Não há ninguém no “conselho gestor” capaz de olhar, com
um mínimo de discernimento, as divisões de base? E Rodrigo Caetano? Já sob o
comando de Cristóvão, o Fla jogou com Pará improvisado na esquerda!!!
No
jogo que valeu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil, além
de Jorge, brilhou a estrela de artilheiro de Paolo Guerrero, autor do gol que
selou a vitória, num contra-ataque rapidíssimo, puxado por Marcelo Cirino —
que, convenhamos, não pode ser reserva desse time!
Emerson
também se destacou com uma entrega e uma disposição de moleque dos juniores.
Aos 36 anos (faz 37 ainda neste ano) corre mais que coelho de desenho animado e
é tecnicamente superior aos demais (exceção feita a Guerrero). Em
contrapartida, Éverton, outro que se esforça muito, sempre acaba pedindo
substituição, à beira da exaustão…
Na
minha opinião, o ataque titular deveria ser Cirino, Guerrero e Emerson. E, até
que chegue o tão prometido meia, com Éverton no meio-campo e Arthur Maia e
Allan Patrick como opções de armador. Volantes? No máximo, dois: Cáceres e
Canteros. Simples assim. Não complica mais, Cristóvão…
Noite de paredão
Digna
de elogio ainda a atuação do goleiro César, que pegou uma barbaridade em
Recife.
Calote geral
O
Flamengo desmente membros da oposição que garantem que o agente responsável
pela transferência de Hernane para o Al Nassr (negócio intermediado pela
Traffic) já recebeu a sua parte. O caso está na corte arbitral do esportes, na
Suíça.

MAIS LIDOS

Chances do Flamengo ganhar o Brasileirão disparam após vitória

O Flamengo vem de uma grande vitória no Campeonato Brasileiro, a mais importante do Rubro-negro até o momento no Brasileirão. Neste domingo, o Rubro-negro...

Veja a provável escalação do Internacional contra o Flamengo

O Internacional tem pela frente um grande jogo de futebol neste domingo. O time gaúcho irá medir forças com o Flamengo, em jogo que...

Escalação do Flamengo deve ter novidades; veja quem deve começar jogando

O Flamengo tem uma grande final pela frente para disputar. Neste domingo, o Rubro-negro carioca irá medir forças com o Internacional, em jogo decisivo...

São Paulo empata e pode jogar contra o Fla para cumprir tabela

O São Paulo enfrentou o Palmeiras na noite desta sexta-feira, em jogo atrasado do Campeonato Brasileiro. O confronto poderia colocar o São Paulo de...