• Início
  • Notícias
  • “Se o Flamengo colocar camisa da Seleção, pode jogar com qualquer time do mundo”, diz dirigente do River
Publicidade

“Se o Flamengo colocar camisa da Seleção, pode jogar com qualquer time do mundo”, diz dirigente do River

Publicidade

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira (14) e empatou em 4 a 4 com o Vasco da Gama. O Rubro-Negro fez uma partida abaixo do seu padrão, sobretudo, na parte defensiva. Porém, a média do time comandado por Jorge Jesus é de alto nível. Não à toa, impressiona até mesmo os argentinos.

Gustavo Grossi, CEO do River Plate, da Argentina, concedeu entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN, e elogiou a equipe do Flamengo. Na visão do dirigente, o Rubro-Negro é capaz de enfrentar qualquer time do mundo, mas ele fez ponderações sobre as vantagens que o River terá na final da Libertadores.

– Se o Flamengo jogar hoje com a camisa da seleção brasileira, pode jogar com qualquer time do mundo no nível de uma seleção. Isso está claro. A diferença é que nosso time vem trabalhando há muito tempo e, como disse antes, temos um projeto integral –, disse Gustavo Grossi, antes de prosseguir:

– Isso pode ser que nós teremos a nosso favor. Também o fato de se acostumar a jogar finais, saber como enfrentar o nervosismo. Do outro lado, tem um treinador de nível internacional e muito importante, que está incorporando o trabalho há quatro, cinco meses. Um projeto coletivo muito bom, mas ainda está em formação –, encerrou o dirigente.

Flamengo e River Plate se enfrentam no próximo dia 23 (sábado), na finalíssima da Copa Conmebol Libertadores. O confronto vai ser disputado em jogo único e campo neutro. O duelo está marcado para ter início às 17h (horário de Brasília), no estádio Monumental U, em Lima, no Peru.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod