• Início
  • Notícias
  • Se passar pelo Grêmio, rubro-negros terão dificuldades para viajar à capital chilena; entenda
Publicidade

Se passar pelo Grêmio, rubro-negros terão dificuldades para viajar à capital chilena; entenda

Publicidade

O Flamengo se prepara para, nesta quarta-feira (23), lutar por uma vaga na final da Copa Libertadores da América. O duelo será contra o Grêmio e, com o empate por 1 a 1 no jogo de ida, a disputa está totalmente aberta. Porém, há quem já esteja pensando na final da competição, no dia 23 de novembro, em Santiago, capital do Chile.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Coluna do Fla, contando voos saindo do Rio de Janeiro e de São Paulo, serão menos de dez viagens à capital chilena entre os dias 21 e 22 do próximo mês, ou seja, às vésperas da grande final. Contando uma média de 250 passageiros por avião, ou seja, cerca de 2.500 pessoas viajando nestes dias.

Além da baixa quantidade de vagas – levando a alta procura por ingressos em jogos do Flamengo, além da carga com cerca de 12 mil ingressos que será disponibilizada a cada semifinalista – outro fato que dificulta a ida à final é o valor das passagens. Para uma viagem de ida no dia 21 e volta no dia 25, por exemplo, apenas as passagens (com taxas) custariam cerca de R$ 5.600,00. Indo no dia 22 e retornando ao Brasil no dia 24, o custo seria ainda maior em uma das principais companhias aéreas: R$ 6.800,00.

Em contato com pessoas ligadas a agências de viagens, a reportagem apurou ainda que os valores podem sofrer alteração, justamente por conta da possível procura. Sendo assim, na quinta-feira (25), um dia após a possível classificação do Flamengo para a final da principal competição sul-americana, não é descartado um aumento nas tarifas para voos à cidade de Santiago, onde fica o Estádio Nacional de Santiago, palco do grande evento.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod