Apesar de um ano de 2020 bastante turbulento par ao Flamengo, é inegável que uma das maiores e melhores “surpresas” se dá pelo desempenho em campo do atacante Pedro. O atacante acumula atuações impecáveis com a camisa rubro negra, sendo principal jogador do setor ofensivo. Seja por cima, com boa presença de área e gols de cabeça, ou por baixo, com ótimo pivô e qualidade técnica para definir jogadas, Pedro já é visto como fundamental no elenco e sua “competição” com Gabigol se mostra infundada, principalmente ao analisar a característica dos dois atletas, que podem jogar juntos.

Diante da importância de Pedro, o Flamengo já pensa no próximo passo par ao comprar. O Flamengo deveria desembolsar cerca de 87 milhões de reais para isso. Esse valor seria parcelado em seis “cotas” iguais. Diante dos problemas causados pela pandemia, o Flamengo espera um negócio mais responsável, com um número maior de parcelas ou amenização dos valores em 2021, ainda sob impacto da pandemia. A Fiorentina porém não parece muito disposta em ceder a busca do Flamengo.

A Fiorentina já recebeu consultas na Europa por Pedro. Porto e Sporting já demonstraram interesse no jogador, com possíveis outros clubes aparecendo. Diante disso, a Fiorentina começa a identificar Pedro como valioso para negociações futuras.

Vale dizer que caso o Flamengo execute a compra nos moldes assinados em contrato de empréstimo, a Fiorentina não poderá negar a proposta, já que está em contrato. O problema porém é financeiro para o Flamengo, já que o orçamento anual foi totalmente impactado pelo vírus.

Leia também: Lesionado, Thiago Maia só volta em 2021; Pedro segue fora

Veja também: Sub-20 empata fora de casa com o Vasco e aumenta invencibilidade no Brasileirão