Sem espaço no Brasil, Renato Gaúcho, ex-Flamengo, recebe sondagem para trabalhar fora do país

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO RENATO GAUCHO
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO RENATO GAUCHO

No ano passado, o Flamengo apostou em Renato Gaúcho para substituir Rogério Ceni, mas não deu resultado. Mesmo não conseguindo fazer o time mostrar um futebol de encher os olhos, o treinador conseguiu levar o Rubro-negro a decisão da Libertadores da América, perdendo a decisão após um erro de Andreas Pereira.

Após a final da Libertadores, Renato Gaúcho deixou o comando do Flamengo, ficando livre no mercado desde então.

O treinador está na lista de interesses de uma equipe do Oriente Médio

Segundo informações do Torcedores.com, o técnico foi procurado por representantes do Al Wasl, dos Emirados Arabes.

O time do Oriente Médio rescindiu de forma amigável com o técnico Odair Hellmann, ex-Inter e Fluminense. Desde então, os dirigentes estão de olho no mercado em busca de um substituto à altura do técnico brasileiro. A equipe árabe está trabvalhando em outros nomes caso não avance com Renato Gaúcho. Fábio Carille e Thiago Nunes são bem avaliados.

Renato Gaúcho deixou o Flamengo no final da temporada passada após o vice da Libertadores. O técnico era muito querido pelos atletas, porém, não conseguiu fazer o time mostrar um grande futebol, dependendo quase que exclusivamente da qualidade individual dos atletas para conseguir os resultados.

Com a sua saída, a diretoria do Flamengo correu atrás de Paulo Sousa, treinador português que estava comadando a Polônia. O trabalho novamente não deu resultados, com o Rubro-negro o demitindo após uma sequência de resultados negativos no Brasileirão. Para o lugar do português, os dirigentes investiram em Dorival Jr, terceiro treinador em menos de um ano.

Avatar of Fábio Lucas Carvalho
Redator esportivo que já trabalhou em diversos outros portais. Hoje, estamos focados no Fla Hoje em busca de um grande projeto de notícias verdadeiras