terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Ser Flamengo.

Ser Flamengo.

Buteco
do Flamengo – “Você torce para qual time?”

“Flamengo.”
“E em
São Paulo?”
“Flamengo.”
“Não é
possível. Você tem que torcer para alguém daqui. O time popular de São Paulo é
o Corinthians, então você tem que ser Corinthians aqui!”
“Não,
sou Flamengo no Rio, em São Paulo e no Brasil todo! E se morasse no Japão,
seria Flamengo. Na Grécia? Flamengo. EUA? Flamengo…”
Diálogos
como o acima foram rotineiros na minha infância e adolescência. Poucos
conseguiam entender como um menino morando em São Paulo pudesse torcer para o
Flamengo!
Sou
carioca, mas vim para São Paulo quando tinha pouco menos de 10 anos de idade.
Para ser sincero não sei quando comecei a ser Flamengo, acho que nasci assim.
Minha mãe nunca se interessou muito por futebol, mas sempre diz ser Fluminense,
meu pai, rubro-negro fanático!
Cresci
ouvindo as inesquecíveis histórias da geração do Zico e como o Flamengo é
grande, imenso, gigante!
Aprendi
a ser Flamengo do mesmo modo que aprendemos a andar, ler e escrever. Foi tão
natural que não me imagino torcendo ou simpatizando por qualquer outro clube
que não seja o Clube de Regatas Flamengo. 
Quando
menor uma das minhas maiores alegrias era passar as férias no Rio de Janeiro na
casa dos avós e comprar tudo que eu achasse com o tema Flamengo. Era adesivo em
banca de jornal, lápis, borracha, chaveiro, caneca, copo, boné e muitas
camisetas! Até um CD na época do centenário com músicas sobre o Mengão eu
comprei e escutava ininterruptamente.
Aqui
em São Paulo pouco se fala sobre os clubes do Rio, portanto qualquer 30
segundos em programa esportivo ou nota de rodapé presente em jornais era motivo
de atenção. Existia uma carência grande de informações sobre o dia a dia do
clube, algo que não mais existe devido ao crescimento da internet e surgimento
das redes sociais.
Como
ainda não existia o PFC e gambiarras como o “roja directa” ainda fugiam do meu
conhecimento, a única forma de assistir os jogos do time era quando um dos
times de São Paulo ia jogar no Rio e o jogo passava na Globo-SP ou quando a
partida era transmitida pelo Sportv para todo Brasil.
Mas
para quem acha que em São Paulo ou Barueri não existam muitos rubro-negros,
esta pessoa está redondamente enganado. Lembro em 2009 quando o Flamengo veio
jogar em Barueri pelo Brasileirão a fila para comprar ingresso estava enorme e
presenciei a fala de uma senhora de pelo menos 60 anos:
“Moro
ao lado do estádio, mas nunca me animei de ir a nenhum jogo. Já passou por aqui
Curintia, São Paulo e Parmeira, mas o meu Framengo eu não posso deixar de ver!”
Faço
um exercício diário que é procurar o manto sagrado ao longo do dia. Não sei se
tenho alguma espécie de radar, mas sempre encontro! Não importa o dia ou local,
mas sempre consigo alguém com um boné, agasalho, calça e muitas camisas. Tem
oficial, pirata, da Nike, Olympikus, até da Umbro já vi gente vestindo na
região.
Mesmo
com Patricias, Edmundos e Kleber Leites, não há nada mais prazeroso nessa vida
do que ser Flamengo! Ninguém me tira o orgulho de ser rubro-negro independente
do estado em que eu more.
E é
esse orgulho e paixão que me fazem acreditar! Acreditar de que estamos no
caminho certo e com paciência e muito trabalho em pouco tempo voltaremos a
vivenciar o mar de conquistas que recheia a nossa história.
E se
demorar mais do que deveria? Ainda me restará o imenso prazer de ser Flamengo!
—//—
Neste
domingo estarei presente no Morumbi para assistir a nossa estreia! Fui
contemplado pela promoção do Matchday e estou muito feliz. Oportunidade única
que o programa do sócio torcedor me deu. Se tudo der certo, tentarei
compartilhar essa experiência com todos em uma próxima coluna.
Não
importa se é Marcio Araújo, Almir ou Arthur Maia, amanhã o Flamengo joga e fui
convocado!
Torço
para que o clube faça um Campeonato Brasileiro sem sustos, onde a palavra
“confusão” não faça mais parte do nosso dicionário e dependendo do que
acontecer, quem sabe uma arrancada não nos coloque em voos mais altos no final
do campeonato.
Um bom
final de semana a todos, pois o ano começa agora!
SRN!
Ricardo
Mattana

MAIS LIDOS

As opções de Domenec

Não são tão vastas as opções para Domenec, ele precisará quebrar cabeça para encontrar o melhor Flamengo possível para hoje. É bem verdade que...

Voo com “reforços” é barrado no espaço aéreo peruano

A situação do Flamengo anda tão complicada que até o simples não tem funcionado. Na madrugada desta segunda para terça o avião dos jovens...

Jorge Jesus quer voltar ao Flamengo? Jorge Nicola explica

Ao longo dos últimos dias, um boato começou a ganhar força no Twitter. O boato diz que Jorge Jesus estaria insatisfeito no Benfica e...

Sormani detona o Flamengo na pandemia: ”É o que mais faz bobagem”

O Flamengo não está tendo dias fáceis. Nesta segunda-feira, o Rubro-negro anunciou que mais um atleta foi contaminado pelo Novo Coronavírus. Com Vitinho também contaminado, o...