terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Sócio-torcedor, saída para a crise econômica no Futebol.

Sócio-torcedor, saída para a crise econômica no Futebol.

FOLHA
DE SÃO PAULO – A retração da economia nacional produz efeitos contraditórios no
futebol brasileiro. Clubes podem faturar mais com a alta do dólar em
transferências internacionais, mas o êxodo de talentos prejudica o futebol no
Brasil.
O
mercado publicitário tende a reduzir patrocínios, porém os clubes podem
rentabilizar mais a relação direta com suas torcidas, principalmente em razão
do crescimento exponencial de novas mídias, que coloca em cheque o atual modelo
de negócio do futebol, baseado fundamentalmente em receitas diretas e indiretas
da televisão.
Senso
Ibope/Repucom demonstra que 87% dos torcedores brasileiros acessam a internet
enquanto assistem TV. Dados divulgados na Soccerex deste ano sinalizam que 40%
de todos os tweets do mundo são relacionados a esporte. O Facebook declara que
seus usuários visualizam 3 bilhões de vídeos por dia, 65% no celular.
Hoje,
todo mundo tem potencial para produzir conteúdo e dispõe de meios para sua
veiculação. O alto interesse que o futebol desperta estimula que seja objeto
destas produções. Se anunciantes puderem atingir os mesmos consumidores através
de novas plataformas, investindo menos, será que a TV continuará sendo capaz de
manter seu faturamento e pagar pelos direitos de transmissão nos patamares
atuais?
Como a
origem dos clubes no Brasil foi custeada pela contribuição direta dos seus
sócios que, juntos, pagavam todas as despesas de investimento e manutenção, os
programas de sócio-torcedor na era da internet podem ser ferramentas poderosas
de crowdfunding para os clubes.
O
Itaú, em recente análise econômico-financeira do futebol brasileiro, reconhece
um “salto de qualidade na gestão” com o fortalecimento destes
programas, que fidelizam a torcida e contribuem significativamente para
estabilizar o balanço. Apesar da queda de 3% das receitas totais dos clubes no
último ano, o faturamento com estas iniciativas subiu de R$ 199,3 milhões para
R$ 240,2 milhões. Em 2015, estima-se que chegue a R$ 400 milhões.
Um dos
principais motivos deste incremento é a união de clubes com grandes empresas
como AmBev, Unilever, Pepsico, Sky, Shell, TIM e as principais redes de varejo
do país no Movimento por um Futebol Melhor, que até agora já deu quase R$ 80
milhões em descontos diretos ao consumidor, o que, aliado ao alto investimento
destas empresas em ações de marketing nos grandes meios de comunicação,
contribuiu decisivamente para consolidar uma base substancial de
sócios-torcedores no Brasil.
Atualmente,
os 67 clubes que fazem parte do Movimento por um Futebol Melhor reúnem mais de
1 milhão de sócios-torcedores. Em 2015, até setembro, mesmo com toda
instabilidade econômica, houve 260 mil novos associados, um aumento de 128% em
relação a 2014, quando o crescimento foi de 114 mil. Um recorde na história do
programa.
O
potencial é enorme! A título de ilustração, segundo a última pesquisa
Lance-Ibope, do ano passado, o Flamengo tem 32,5 milhões de torcedores, apenas
71 mil associados. O Corinthians, respectivamente, 27,3 milhões e 127 mil. O
São Paulo, 13,6 milhões e 76 mil. O Palmeiras, 10,6 milhões e 129 mil. O
Fluminense, 3,6 milhões e 36 mil. O Inter, 5,6 milhões e 147 mil. O Grêmio, 6
milhões e 85 mil.
Se
crise é sinônimo de oportunidade, os clubes têm obrigação de aproveitar este
momento para intensificar seus programas de sócio-torcedor para que sejam
realmente do tamanho das suas torcidas.

MAIS LIDOS

As opções de Domenec

Não são tão vastas as opções para Domenec, ele precisará quebrar cabeça para encontrar o melhor Flamengo possível para hoje. É bem verdade que...

Voo com “reforços” é barrado no espaço aéreo peruano

A situação do Flamengo anda tão complicada que até o simples não tem funcionado. Na madrugada desta segunda para terça o avião dos jovens...

Jorge Jesus quer voltar ao Flamengo? Jorge Nicola explica

Ao longo dos últimos dias, um boato começou a ganhar força no Twitter. O boato diz que Jorge Jesus estaria insatisfeito no Benfica e...

Sormani detona o Flamengo na pandemia: ”É o que mais faz bobagem”

O Flamengo não está tendo dias fáceis. Nesta segunda-feira, o Rubro-negro anunciou que mais um atleta foi contaminado pelo Novo Coronavírus. Com Vitinho também contaminado, o...