Sub-15 do Flamengo empata com o Boavista e encaminha classificação para as quartas da Copa da Amizade

Por: Fla hoje

Em partida disputada na tarde desta quinta-feira no CFZ, a equipe Sub-15 do Flamengo, comandada pelo treinador Mario Jorge, entrou em campo pela segunda rodada da fase de classificação da Copa da Amizade. Prejudicado pelas condições ruins do gramado do Campo Anexo, aonde o jogo aconteceu, o Mais Querido pressionou durante a maior parte do tempo, mas não saiu do 0x0 contra o Boavista. O resultado deixa os Garotos do Ninho na segunda colocação do Grupo com quatro pontos ganhos. Um empate no confronto de amanhã, contra o Atlético MG, garantirá a vaga rubro-negra nas quartas de final da competição. Vitória simples classificará o Flamengo na primeira colocação da chave.

O jogo era difícil e muito físico, muito por conta do campo de dimensões reduzidas e do gramado irregular. Mesmo assim, os Garotos do Ninho tentavam se impor e, aos poucos, passavam a atacar mais. Aos dez minutos, a primeira chance. Rodrigo fez ótima jogada individual pela ponta direita e rolou na marca do pênalti para a chegada de Dudu, que bateu de primeira na direção do gol, mas teve o chute bloqueado pela zaga. Aos 15 minutos, novamente Rodrigo fez excelente jogada, se livrou da marcação com um belíssimo drible e bateu cruzado. O goleiro Victor fez boa defesa e espalmou para escanteio.

O Flamengo dominava o jogo, e Rodrigo se destacava no setor ofensivo. Aos 18 minutos, mais uma vez ele encarou a marcação, passou sem dificuldades e bateu rasteiro, à esquerda da baliza de Victor. As equipes foram para o vestiário sem alteração no placar.

FOTO: RODRIGO GALVÃO

Logo aos quatro minutos da segunda etapa, o Mais Querido criou sua melhor chance até então no jogo. Petterson recebeu aberto na ponta esquerda e bateu forte para o gol. A bola desviou na marcação e explodiu na trave direita de Victor, que não chegaria nela a tempo. Aos nove minutos, Petterson tentou mais uma vez, dessa vez de primeira. O chute saiu mascado e Victor fez a defesa.

O duelo do segundo tempo era entre Petterson e Victor. Aos 14 minutos, o atacante rubro-negro soltou mais uma bomba. Victor espalmou para o meio da área, e a zaga afastou o perigo. Os Garotos do Ninho pressionavam em busca do primeiro gol e da vaga nas quartas de final. Aos 25 minutos, João Filipe recebeu na entrada da área e bateu cruzado, mas teve o chute travado pela marcação, na última chance de gol do Mais Querido na partida.

Flamengo: Francisco Dyogo, Wesley, Londrina, Darlan, Gabriel Bastos; Vitor Muller, Dudu (Luan), João Filipe (Lucas Matheus); Petterson, Rodrigo (Pedro) e João Marcelo (Uchôa). Treinador: Mario Jorge.

*Texto retirado do site oficial do Flamengo.

Por: Coluna do Fla

MAIS LIDOS

Gabigol minimiza a pressão no clube, porém admite se incomodar na reserva

Gabigol ficou um longo tempo sem dar entrevistas coletivas. Porém na manhã desta sexta, o atacante mudou o "protocolo" recente e decidiu conversar com...

Flamengo já pensa em reformulação com saída de até nove jogadores

A temporada de 2020 é decepcionante. O time não consegue dentro de campo desempenhar nada do que se esperava, precisando ver hoje, de casa,...

Flamengo da atual temporada tem segunda pior defesa da década

O Flamengo vive uma temporada em 2020 para se esquecer. Não que a equipe não tenha conquistado algo, porém o desempenho em campo foi...

Borré tem salário baixo no River; flamenguistas pedem a sua contratação

O Flamengo não está tendo um fim de temporada muito ruim. Decepcionando também no Campeonato Brasileiro, onde o time está longe de demonstrar o...