quarta-feira, setembro 23, 2020
Início Notícias Técnico do Barcelona quer fazer estágio com Muricy.

Técnico do Barcelona quer fazer estágio com Muricy.

Foto Gilvan de Souza/Flamengo

BLOG DO MÁRIO MAGALHÃES: Mal terminou o primeiro tempo do
Fla-Flu de ontem, o técnico Luis Enrique despachou um pedido urgente: quer
fazer um estágio com Muricy Ramalho no Rio, para aprimorar o futebol que o
Barcelona joga.

O Flamengo de Muricy foi para o intervalo vencendo por 1 a
0, placar que escondeu o que acontecera antes: um show como havia muito tempo o
rubro-negro não proporcionava.
Com posse de bola, confiança para sair tocando sem rifar a
pelota, desenvolvimento mais vertical do jogo, aproveitamento soberbo dos
ataques pela direita, criação de numerosas chances de gol, sufoco na saída do
adversário.
É isso o que Luis Enrique quer aprender com o treinador que
meses atrás visitou o clube catalão por alguns dias.
*
É
claro que a “informação” sobre Luis Enrique se trata de brincadeirinha.
O propósito é ilustrar a melhor atuação do Flamengo em
meses, considerando a etapa inicial.
O maior mérito da equipe, ainda em começo de temporada, foi
demonstrar progressos na ideologia que Muricy tenta implantar ou recuperar no
Flamengo: time da Gávea e do Ninho do Urubu joga para cima, com a bola,
encurralando.
Foi essencial para a mudança a entrada do volante
colombiano Cuéllar. O que apareceu mais foi seu futebol vistoso, de passes
certeiros, para a frente, um organizador qualificado do início das jogadas. O
mais importante é que ele fez tudo isso anulando o ótimo meia que é Diego
Souza, que não viu a bola.
Outro destaque foi a exibição de Rodinei, além da
exuberância física de quem ataca e defende com vigor. O lateral aproveitou o
pulmão para criar, como no gol de cabeça de Guerrero.
O centroavante peruano deu o chute que resultou no
escanteio que originou o primeiro gol do Flamengo. E anotou o segundo, decisivo
no triunfo de 2 a 1 pelo Campeonato do Rio.
Outro mérito foi da zaga, Wallace e César Martins, que
impediu Fred de participar mais do jogo.
Muricy parece ter encontrado a equipe titular, com uma
exceção: César Martins tem de ceder o lugar a Juan, que não jogou.
A condição física de alguns atletas é limitação de momento.
O time vem caindo no fim de partidas intensas, o que é compreensível no
princípio do ano. Se tivesse que escolher uma prioridade, seria deixar o ótimo
Mancuello em forma.
A propósito do argentino, malharam muito Diego Cavalieri
pelo rebote no gol do rubro-negro Willian Arão. Ele falhou, é fato, mas a
cobrança de córner por Mancuello complicou o goleiro. Foi muito forte, mais
chute do que cruzamento, o que é incomum. E faltou defensor na primeira trave
para se livrar da bola.
O segundo tempo foi prejudicado pelo apitador, Bruno Arleu
de Araújo. Ele expulsou Cuéllar injustamente, e mais injustamente ainda o
tricolor Marcos Junior.
A expulsão de Wallace não apaga o louvável desempenho da
zaga do Flamengo, inclusive do capitão.
Enfim, motivos para otimismo entre os rubro-negros.
O Fluminense?
Uma certeza: pode jogar muito mais que ontem em Brasília, é
claro.
E uma dúvida: o zagueiro Henrique sempre foi lento assim?

MAIS LIDOS

Pedro titular: Torcedores pedem mudança no ataque do Fla

O Flamengo jogou nesta terça-feira diante do Barcelona de Guayaquil, vencendo o jogo por 2 a 1. O confronto mostrou mais uma vez a...

Torrent desabafa após vitória do Flamengo

O Flamengo atuou na noite desta terça-feira diante do Barcelona de Guayaquil, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores...

Jogadores comemoram vitória do Flamengo nas redes sociais

O Flamengo venceu o Barcelona de Gayaquil, na noite desta terça-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O Rubro-negro não fez uma das suas...

As notas da vitória do Flamengo em Guayaquil

Em partida complicada pela Libertadores o Flamengo conseguiu uma vitória super importante. Com gols de Pedro e Arrascaeta, o rubro-negro bateu o Barcelona de...