Técnico do Flamengo diz Cuéllar e Mancuello são segundo volantes.

Por: Fla hoje

Gustavo Cuéllar e Federico Mancuello, do Flamengo – Foto: Divulgação

CARLOS
EDUARDO MANSUR
: O futebol se sofisticou.
Você sentia falta de mais um auxiliar no Flamengo?

A
tendência é descentralizar tarefas. O treinador deve ser mais um membro, com
mais importância, visibilidade, alvo de críticas e elogios. Está chegando o
Cléber (dos Santos). Via espaço no Flamengo, não vejo outro clube de Série A
com um só auxiliar. Viajávamos e os jogadores que ficavam no Rio sentiam falta.
Cléber alia qualidade de campo com análise de desempenho, já trabalhou em
captação. O Flamengo caminhou no modelo que acho correto.
Você imaginava que, se o time caísse na
reta final, apontassem sua inexperiência como a razão?
Era
inevitável. Todos nós começamos um dia. E estamos passíveis disso. Não se
compra experiência na farmácia. Tento fazer os jogadores progredirem, estou
atento a tudo. E o Zé Ricardo de 2017 não será o mesmo de 2016.
E é mais difícil fazer isso do que
defender e contra-atacar?
Dizem
que criar é muito mais difícil do que destruir. E no futebol não é diferente.
Para um time de posse de bola, ter Márcio
Araújo não é uma contradição na questão do passe?
Foi
criado um consenso em torno dele tão forte que é até difícil defendê-lo. Uso
números. Até o jogo com o Palmeiras, quando foi expulso, ele tinha 1,3 passe
errado e uma falta por jogo.
A ideia de montar o time a partir do
4-2-3-1 é influenciada por não ter um especialista na função clássica do camisa
5?
Não
concordo, a gente pode ter este jogador, sim. O Arão pode fazer e o Rômulo, se
chegar, também. Mundo afora, jogadores dão um passo atrás para que o time ganhe
qualidade técnica. Para ter posse de bola, teríamos boa qualidade para ser
efetivo no ataque. A questão é ter mecanismos bem trabalhados quando perder a
bola.
Que tipo de jogadores você vê em Cuellar e
Mancuello?
São
dois jogadores em certa adaptação ao futebol brasileiro. Cuellar hoje ocuparia
a posição do Arão, um segundo homem de boa saída e bom passe. Pretendo usá-lo
mais esse ano. Tem vitalidade, inteligência e boa técnica. Preciso que mê dê um
pouco mais sem bola. Nas últimas semanas do ano, com mais adaptação minha a ele
e dele a mim, foi quando melhor se saiu no treino. Mancuello é inteligente,
tentei colocá-lo pelo lado do campo, mas também é um segundo volante. Acabou
dando mais retorno entrando no decorrer dos jogos do que de início. É um
rótulo, aliás, que detesto. Tentei colocá-lo pelo lado, em outros jogos como um
10, mas se sente incomodado de costas. Prefere vir de frente. E aí foram
questões de escolhas. Tentei convencê-lo a fazer pela direita, ele disse que
não se sentia à vontade, é natural.
Rômulo pode chegar. Com tantas opções de
volantes, Ronaldo terá espaço para jogar?
Eu não
vou estar tranquilo se estes jovens não tiverem chance. E eles vão jogar se
fizerem por merecer. O Flamengo tem obrigação de retomar o trabalho na base com
prospecção para o profissional. Tem muito talento na base. Mas estes jogadores,
Ronaldo, Paquetá, Vizeu, Léo Duarte e Thiago Santos, por exemplo, tiveram um
ano proveitoso, viveram experiências entre os profissionais. Ronaldo é um
camisa 5 nato, sem ser um brucutu.
Em alguns jogos você usou dois
centroavantes, como Guerrero e Damião, juntos. Vê como alternativa apenas para
o decorrer de jogos?
Para
iniciar jogos com dois atacantes, talvez só fizesse com características
diferentes. Com estilos iguais, acho difícil. Dá para fazer, mas você depende
muito de que estajam entregues ao jogo sem bola e esta não é característica do
Guerrero, Damião ou Vizeu. Mas nos momentos que testamos, pelo pouco tempo de
treino, o resultado foi até muito bom. O que queremos é que o Diego pise cada
vez mais na área, sem perder sua característica de armação. Porque o Guerrero é
muito inteligente para abrir espaço, pode criar boas soluções com o Diego se
aproximando.

MAIS LIDOS

SAIU a escalação do Flamengo contra o São Paulo

O Flamengo joga na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, na ultima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece no estádio do Morumbi,...

Chances do Flamengo ganhar o Brasileirão disparam após vitória

O Flamengo vem de uma grande vitória no Campeonato Brasileiro, a mais importante do Rubro-negro até o momento no Brasileirão. Neste domingo, o Rubro-negro...

Veja a provável escalação do Internacional contra o Flamengo

O Internacional tem pela frente um grande jogo de futebol neste domingo. O time gaúcho irá medir forças com o Flamengo, em jogo que...

Escalação do Flamengo deve ter novidades; veja quem deve começar jogando

O Flamengo tem uma grande final pela frente para disputar. Neste domingo, o Rubro-negro carioca irá medir forças com o Internacional, em jogo decisivo...