quarta-feira, setembro 30, 2020
Início Notícias Técnico do Flamengo elogia Ederson e novo CT.

Técnico do Flamengo elogia Ederson e novo CT.

Foto: Gustavo Rotstein

GLOBO
ESPORTE:
Ederson não se destacou na vitória por 3 a 1 sobre o Bangu, jogo que
marcou seu retorno ao time do Flamengo após 104 dias. O técnico Muricy Ramalho
admitiu que o jogador sentiu a falta de ritmo e também frisou o fato de o 10
ter jogado num campo grande, diferentemente do que vinha fazendo nos
treinamentos. Em relação aos titulares, descartou a palavra
“descanso” e lembrou que eles treinaram neste sábado, no Ninho do
Urubu.

– Não
descansamos os titulares. Eles ficaram no Rio para treinar porque vai começar
uma sequência forte de partidas. Inclusive treinaram hoje (sábado). O Ederson
foi até onde deu para aguentar. Falta jogo a ele. Está distante do que é porque
hoje jogou num campo maior e vem treinando em campo reduzido. Hoje ele atuou no
tempo de jogo programado.
Confira
outros tópicos da entrevista coletiva de Muricy Ramalho
Ederson fica no time?
É
possível ele jogar contra o Figueirense, mas também vamos pedir opinião
daqueles que estão cuidando dele. Ficou com a perna pesada, mas se falta ritmo,
tem que colocar para jogar. Vamos ver com a comissão técnica se ele pode jogar
contra o Figueirense.
Felipe Vizeu
É
aquele centroavante à moda antiga. Faz papel de pivô e dentro da área é
perigoso. Teve as oportunidades e agarrou. Nos treinos a gente percebe até pelo
olhar dele. Mas tem que ter calma porque é um menino, e a gente não pode se
acostumar. É muito jovem, mas ouve muito e não é só ele. Tem Paquetá, Léo,
Ronaldo… uma molecada boa. Agora estamos olhando com carinho, estou perto
deles no Ninho e posso conhecer melhor.
Alex Muralha
Foi
nas bolas e bem no pênalti, mas também precisa jogar mais. A parceria dele com
o Paulo Victor é importante, um vai puxando o outro. É uma concorrência
saudável, que fez o Paulo Victor crescer demais. Temos um treinador de
goleiros, o Victor Hugo, que fez os dois melhorarem.
Thiago Santos
Contra
o Boavista não entrou bem. Ele tem que saber que não sabe armar o jogo, é um
velocista. Querer buscar o jogo não dá certo. Pouco a pouco está aproveitando.
Tem que ter calma com os meninos, porque não se pode queimar uma geração que é
ótima.
Análise da temporada do Flamengo até aqui
Ainda
é começo de temporada, o time precisa jogar. É preciso cuidado para analisar
algumas partidas, porque, sem desmerecer ninguém, a diferença é muito grande.
Fizemos o dever de casa, mas é preciso manter os pés no chão. Mas nos jogos
difíceis, menos contra o Vasco, fomos bem. A classificação do Carioca foi
obrigação. O Carioca vai ficar bom agora, e no Brasileiro vai ser muito mais
complicado.
Pressão por vitórias
Os
jogadores sabem que não vamos ter facilidade. Mas toda a vez que o Flamengo
entra em campo tem a obrigação de vencer. Na Liga e no Brasileiro a dificuldade
é muito grande, e por isso tem que se preparar muito. Estamos conseguindo ter
cara de time, e isso faz toda a diferença.
Primeira Liga e jogo contra o Figueirense
A
competição é muito importante porque nela se mede forças com um time igual. É
uma competição que está pegando junto ao público, tanto que na nossa estreia
foram 30 mil no Mineirão. É uma competição forte, e estamos levando a sério. O
jogo contra o Figueirense é importante e difícil. Esperamos que o pessoal vá
apoiar, que apareça. Vamos com um time forte para decidir. A comissão orientou
para colocar hoje um time alternativo para o titular poder treinar forte e
jogar na quarta. Não teve descanso.
Flamengo em Brasília no Brasileiro
A
Federação do Rio e a CBF têm o dever de ver os clubes do Rio de forma diferente
neste ano porque não tem campo. Então é preciso abrir exceção para cada um
escolher o seu lar. Tenho experiência, e se não for feita essa logística não
tem chance nenhuma. Pedimos para que eles entendam. O Flamengo sempre leva bom
público a Brasília, onde somos bem recebidos. Esperamos que federação e CBF nos
olhem com carinho, porque os times do Rio vão ter problema. Ainda dá tempo.
Vamos deixar a gente defender nosso time nesses lugares.
Campeonato Brasileiro
Todo
time grande não pode escolher muito uma competição, mas o Brasileiro é
diferente porque é o mais difícil. Quem ganha esse campeonato é porque
trabalhou muito bem. Não dá para ganhar com sorte ou só com um bom time, mas
com plantel, estrutura, logística… Estamos nos preparando nesse sentido, e
falta achar um local para jogar. Não dá certo ficar de um lado para o outro.
Ninho do Urubu está no nível dos grandes
do Brasil
Em
tecnologia, sim, mas em estrutura, ainda não. É provisório ainda. Mas no fim do
ano vamos podemos no comparar com os melhores do Brasil. É porque precisava
fazer algo rápido agora, e melhorou muito. Não foi fácil fazer no tempo que
fizeram, e já está dando resultado. Estamos no caminho.

MAIS LIDOS

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...

Flamengo x Del Valle ao vivo no SBT

O torcedor Rubro-negro verá na noite desta quarta-feira Flamengo x Del Valle ao vivo no SBT. O Rubro-negro carioca vem de um empate fora de casa com o Palmeiras,...

Flamengo pode se classificar ainda hoje para as oitavas

O Flamengo joga na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos a Libertadores da América. Mesmo...

Fla vai perder hoje, aposta Milton Neves

O Flamengo joga nesta quarta-feira contra o Independiente del Valle, em jogo válido pela Libertadores da América. O Rubro-negro tem pela frente o Independiente,...