Tem vaga? Zagueiro suíço-brasileiro do Saint-Étienne não deve seguir no clube

No mercado, o Flamengo trabalha com cautela e paciência para poder anunciar reforços que ajudem o time a lutar por títulos no segundo semestre de 2019. Entre as posições consideradas carentes pela diretoria, a de zagueiro é uma das que tem mais nomes ventilados no Rubro-Negro. De acordo com a revista ‘France Football’, o zagueiro suíço-brasileiro Léo Lacroix, com direitos econômicos vinculados ao Saint-Étienne, da França, não seguirá no clube.

A busca preferencial por nomes brasileiros em razão do número de estrangeiros no elenco passa, naturalmente, pelo crivo de Jorge Jesus. Um zagueiro experiente para jogar ao lado de Rodrigo Caio é vista como essencial na Gávea. Aos 27 anos, Lecroix tem passagens por Sion e Basel, ambos da Suíça, e pelo Hamburgo, da Alemanha, além de convocações para a seleção suíça. Na base, atuou pelo São Cristóvão, do Rio de Janeiro.

FOTO: REPRODUÇÃO

Com mais um ano de contrato na França, o jogador declarou, em 2017, ser torcedor do Flamengo. O zagueiro também enalteceu a torcida rubro-negra, classificando-a como “coisa de louco”:

– Como um bom carioca, eu sou flamenguista. A minha primeira camisa foi a do Flamengo, e minha família toda também é flamenguista. Eu não tenho muita oportunidade de assistir aos jogos no estádio, que é uma coisa de louco. Eu cheguei a ver um jogo da Libertadores. A torcida é incrível, realmente é uma coisa de louco. Eu gosto desse clube. O Flamengo é bem falado no mundo inteiro, é um grande clube-, revelou, à época,  em contato com a “ESPN“.

Por: Coluna do Fla

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.