quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Torcida do Flamengo entra com ação para liberação de "papéis".

Torcida do Flamengo entra com ação para liberação de “papéis”.

FOX
SPORTS
: O Maracanã passou por muitas reformas nos últimos anos, causando
mudanças drásticas no Templo do Futebol. Inclusive, na maneira de torcer
daquele que está na arquibancada do Maior do Mundo. Com a proibição de
sinalizadores e de fumaças, a festa ficou com menos brilho. O famoso papel
higiênico, tão habitual nos anos 80 e 90, também não é mais permitido. Mas uma
ação popular pode trazer essa festa tradicional de volta.

O
advogado Thiago Strauch, que também é torcedor do Flamengo, entrou com uma
liminar para tentar reverter a situação. Segundo ele, coube ao GEPE (Grupamento
Especial de Policiamento nos Estádios) vetar a entrada de torcedores com o
papel higiênico. A justificativa é de que o produto é inflamável e,
consequentemente, pode causar graves problemas dentro do estádio. Além disso,
os objetos poderiam acarretar uma punição para o time mandante. O mosaico, por
sua vez, apesar de também ser inflamável, continua liberado nos estádios.
Na
Justiça, a liminar foi indeferida. O processo, porém, segue em andamento. O
advogado Strauch usa dois argumentos para tentar sair vitorioso. Primeiro, o pó
de arroz que voltou a ser utilizado pela torcida do Fluminense, após uma liminar
obtida na Justiça. Segundo, uma partida do próprio Flamengo contra o Cruzeiro,
no ano passado, em Cariacica (ES):
“Juntamos
na ação fotos de outras festas feitas pela torcida do Flamengo, que ocorreram
naturalmente nos estádios com o papel higiênico. Em 2016, o Flamengo jogou
contra o Cruzeiro e usou o papel higiênico para fazer a festa. E foi tudo muito
tranquilo”, afirmou Strauch, que usa também como exemplo a partida contra
a Universidad Católica, no Chile, quando os torcedores fizeram a mesma coisa.
O
pedido foi indeferido não por conta da negativa do GEPE, mas, sim, pelo
Estatuto do Torcedor, que proíbe o arremesso de objetos na praça desportiva. O
FOXSports.com.br procurou o Flamengo para saber a posição do clube sobre a ação
popular, e a resposta foi a seguinte:

 “Essa é uma tradição do futebol, que
deixa a festa nos estádios mais bonita, e isso o Flamengo sempre apoiará. Mas
depende tão somente das autoridades competentes”.

MAIS LIDOS

Zagueiro que atua na Itália diz que dará preferencia ao Fla quando voltar ao Brasil

Apesar de esta passando por um momento de instabilidade sob o comando de Domènec Torrent, o Flamengo tem conquistado cada vez mais visibilidade nos...

Sormani critica Palmeiras por querer manter partida: “Um absurdo”

O comentarista Fábio Sormani, do Fox Sports Rádio, teceu críticas aos dirigentes alviverdes na tarde desta quarta-feira após a nota oficial divulgada na noite...

Domenec e mais 7 testam positivo para Covid-19

A vida do Flamengo não está fácil. Após ter 7 jogadores confirmados com covid-19 até a noite de ontem, hoje mais 9 testes apresentaram...

Jesus revela o motivo de ter deixado o Flamengo e se emociona

O técnico Jorge Jesus deixou o Flamengo logo após a conquista do Campeonato Carioca. Como o treinador tinha acabado de renovar o seu contrato,...