01
  • Início
  • Notícias
  • Treinador do Flamengo repudia canto da torcida do Fluminense envolvendo tragédia no Ninho

Treinador do Flamengo repudia canto da torcida do Fluminense envolvendo tragédia no Ninho

Na última quarta-feira (29), Fluminense x Flamengo se enfrentaram em partida válida pela Taça Guanabara. O Mengão foi derrotado por 1 a 0, com gol de Nenê. Apesar da derrota, o que causou revolta entre os torcedores flamenguistas, jogadores e o treinador Maurício Souza, foram os gritos ecoados por parte da torcida do Fluminense em referência à tragédia no Ninho do Urubu. A provocação ocorreu durante a pausa para hidratação, aos 20 minutos de jogo, quando os torcedores adversários gritaram “Time assassino”. Em resposta, os flamenguistas presentes no Maracanã gritaram “Garotos do Ninho”, além da tradicional música em homenagem às vítimas. A tragédia completa um ano no dia 8 de fevereiro e matou 10 garotos da categoria de base do Flamengo. Apesar de a equipe do Mengão ser composta por jogadores sub-20 e sub-17, nenhum dos atletas presenciaram o incêndio. Após o jogo, durante a entrevista coletiva, o técnico Mauricio Souza se posicionou contrário aos gritos de parte dos tricolores. “Não há assassinos no Flamengo. O que aconteceu até hoje machuca a gente. Mas eu não controlo o grito da torcida adversária. Eu acho um absurdo, acho que deveriam respeitar, pois foi um trauma para nós”, lamentou Mauricinho.

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod