quarta-feira, setembro 23, 2020
Início Notícias Trio carioca se cruza na incompetência.

Trio carioca se cruza na incompetência.

Entre
as Canetas – Vasco e Flamengo na Série A e Botafogo na B vivem sérios problemas
nas competições. Cada um com um motivo, com uma origem, com uma solução
encontrada. Mas há uma interseção entre eles: todos têm técnicos que estão
deslocados na função. Os rivais Vasco e Flamengo não conseguem fazer seus times
jogar o mínimo com os técnicos “antigos”. O Botafogo estava com tudo
ajustado, até que resolveu fazer “com emoção” e desandou o time ao
trocar o comandante.

Comecemos
pela situação mais dramática, a do Vasco. Não dá para achar que Celso Roth é o
culpado pela situação atual do time. O não “o único” culpado. Como já
dissera o presidente do clube, quando ainda era candidato, a prioridade no ano
era quebrar o jejum estadual. Montou um time pra isso e quebrou o jejum. No
Brasileiro é outro o nível, e ao perceber isso (tardiamente, já que não é
nenhum iniciante no futebol), Eurico começou a trazer veteranos, refugos de
outras equipes, para que Roth monte o avião na cabeceira da pista para decolar.
Claro que não funciona. A responsabilidade de Roth é ter arrumado encrenca com
setores do elenco, e não ter conseguido dar um padrão minimamente razoável ao
time após dez dias de treinos. Mais: dizer que contra o Joinville o time criou,
teve chances claras e não teve qualidade pra concluir é, no bairro em que me
criei, jogar a responsabilidade toda para quem conclui as jogadas. Isso nunca
deu certo, mata o vestiário e não será o Vasco a reinventar a roda.
No
Flamengo, a responsabilidade de Cristóvão é bem maior. Também não está sozinho,
já que a diretoria assumiu desde sempre como prioridade pagar dívidas. Isso é
incompatível com gastar com reforços. Então, não reclamem. Mas mesmo com esse
investimento, e esses jogadores, Cristóvão tinha de fazer mais. Exemplo: optar,
seja na circunstância que for, por Gabriel, é erro primário. Esse jogador tinha
de estar na mesma lista que dispensou Mugni, Arthur Maia, etc. O cuidado com
Gabriel não foi o mesmo na rapidez com que se liberou Cáceres, que com todas as
limitações, dava proteção muito maior do que a que a zaga tem hoje. Cristóvão
claramente não conhece a fundo o elenco e dificilmente isso vai acontecer no
Brasileiro sem que se corra o risco da degola. E antes que venham as cobranças,
porque eu sempre defendi Cristóvão, reitero que não o qualifico como mau
treinador, longe disso. Lembro que qualquer bom profissional tem bons e maus
momentos, erros e acertos: Felipão foi campeão do mundo e tomou o 7 a 1.
Cristóvão levou o Vasco a muito mais longe do que o elenco podia, levou o
Fluminense exatamente ao que podia, ano passado, mas no Flamengo não acerta. As
substituições em especial são catastróficas, sejam nos nomes como no momento do
jogo em que acontecem.
E
finalmente o caso mais esdrúxulo, o do Botafogo, que liderava a Série B com um
pé nas costas, e mandou o treinador embora apenas para marcar a posição
autoritária de quem manda no futebol, e atender a interesses de cartolas
endinheirados que querem ver a base na vitrine. Não falo especificamente em
defesa de Renê Simões, que não virou gênio de uma hora para outra. Falo de
qualquer técnico “x” que tenha feito o mesmo trabalho em qualquer
clube. Se ele saiu com o Botafogo na liderança e vencendo, é porque nunca houve
convicção nessa escolha. E não me venha a diretoria dizer que a causa foi a
eliminação na Copa do Brasil porque, primeiro, é um time da Série B eliminado
por um time da Série A, problema nenhum. Além disso, o Botafogo criou muito
contra o Figueirense, pecou ao não converter em gols e pagou caro pela
desatenção no fim do jogo. Assim como não tem qualquer culpa pela fase ruim o
novo técnico. Ricardo Gomes não teve tempo de montar a equipe a seu modo, houve
mudança de elenco e, ainda por cima de tudo, sempre paira a dúvida e o receio
com relação a seu estado de saúde. O Botafogo vai subir por causa da camisa e
porque não há tantos bons times assim no torneio. Mas até o fim do ano ainda
vai pedir muito para continuar na Segundona.
Ricardo
Gonzalez

MAIS LIDOS

Torrent desabafa após vitória do Flamengo

O Flamengo atuou na noite desta terça-feira diante do Barcelona de Guayaquil, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores...

Jogadores comemoram vitória do Flamengo nas redes sociais

O Flamengo venceu o Barcelona de Gayaquil, na noite desta terça-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O Rubro-negro não fez uma das suas...

As notas da vitória do Flamengo em Guayaquil

Em partida complicada pela Libertadores o Flamengo conseguiu uma vitória super importante. Com gols de Pedro e Arrascaeta, o rubro-negro bateu o Barcelona de...

César é criticado pela torcida mesmo após vitória

Na noite desta terça-feira, o Flamengo jogou diante do Barcelona de Guayaquil, no Equador. O Rubror-negro foi a campo com diversos desfalques, inclusive no...