sábado, setembro 26, 2020
Início Notícias Trio erra muito em noite de recorde de cruzamentos e solução aérea...

Trio erra muito em noite de recorde de cruzamentos e solução aérea no Fla.

O bloqueio defensivo do Junior Barranquilla tem sua parcela de “culpa”. Mas a análise da virada emocionante do Flamengo sobre o time colombiano passa pela jogada que o time conseguiu ser mais eficiente nas últimas partidas: a jogada aérea. Foi pelo alto que Arão empatou para classificar o Fla nas quartas contra o Flu. E também pelo alto que Arão ajeitou para o golaço de Vizeu contra os colombianos.

Diego se mexeu bastante, como de hábito, mas teve pouco brilho se desdobrando também na marcação (Foto: Reprodução)

Éverton Ribeiro pouco saiu do lado direito e foi quem mais errou passes no jogo: foram 11 falhas ao tocar a bola (Foto: Reprodução)

Mancuello fez bom primeiro tempo e finalizou com perigo duas vezes na primeira etapa. Jogador tentou sair da esquerda (Foto: Reprodução)
Arão teve mais cuidados defensivos, mas apareceu na área para ajudar no gol de Vizeu (Foto: Reprodução)
Com atuação apenas razoável dos principais articuladores do time – Diego e Éverton Ribeiro – e finalizações boas de Mancuello no primeiro tempo, o Flamengo atingiu recorde de jogadas aéreas na Sul-Americana: foram 41 bolas levantadas – de acordo com levantamento do site Footstats.
Compacto, o time colombiano conseguia pressionar o Flamengo no meio de campo. Foram 52 passes errados pelo time de Rueda. A solução, mais uma vez, parecia vir pelo alto. Foi assim que Réver quase empatou no início da segunda etapa e Juan marcou aos 30 minutos. No primeiro tempo, Vizeu perdeu chance em cruzamento de Pará da intermediária de ataque rubro-negro.
Na partida que mais cruzou na Sula, foram 28 tentativas frustradas e 13 corretas. Em duas delas, Juan e Vizeu viraram o jogo (Foto: Reprodução)
Diego, Éverton Ribeiro e Arão, que tentava surpreender o Junior saindo de trás, erraram bastante na partida. O trio errou 23 passes (Ribeiro, 11, Diego e Arão seis cada um) – o que representa quase metade (44%) do Flamengo na partida – 52 ao todo. Os gols saíram em dois lances isolados de Trauco. Primeiro num escanteio. Depois, em outro lançamento da intermediária.
Em toda a temporada, o gol de Juan foi o de número 27 de cabeça. O que significa pouco mais de 20% dos 129 no ano.
Fonte: globoesporte.com

MAIS LIDOS

Demissão de funcionário revolta torcida do Fla; veja os comentários

O torcedor flamenguista ver mais notícias sobre o extra campo do Fla do que dentro de campo. Na noite desta sexta-feira, foi notificado que...

Vice-Presidente do Fla crítica CBF por manter partida

O Flamengo tem 16 casos de covid confirmados dentro de seu plantel, fato que não parece significar muito para a CBF. Isso sem contar...

STJD bate o martelo e Flamengo x Palmeiras está mantido

O Flamengo entrou no STJD solicitando o adiamento da partida de domingo, diante do Palmeiras no Allianz Parque. Porém, se antes a negativa veio...

Flamengo demite fotógrafo e torcida se revolta

O Flamengo na tarde desta sexta-feira decidiu demitir o fotógrafo Matheus Grangeiro, responsável pelas mídias sociais do clube e também por várias fotografias. A...