Vampeta minimiza caso de racismo: ”O futebol está muito mimimi”

O futebol brasileiro parou hoje para dar apoio a Gerson por mais um caso lamentável de racismo. O jogador Rubro-negro foi chamado de ”negro” por Ramirez, jogador do Bahia, em atuação na noite deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Dentro de campo, o Rubro-negro mostrou uma grande capacidade de superar um jogador a menos o jogo todo e mesmo assim fazer uma das maiores atuações da era Ceni.

Porém, após o jogo, Gerson relatou mais claramente que sofreu racismo dentro de campo e acabou recebendo muito apoio nas redes sociais de clubes, jornalistas e torcedores. Porém, Vampeta, ex-jogador de futebol e comentarista da TV Gazeta, tratou de minimizar o ocorrido dentro de campo.

Mas eu não vi para tanta coisa (sobre o Gerson). Eu jogo bola ali na Vila Maria, lá tem de tudo… Coreano, boliviano, chinês… “Ô coreano, toca a bola”, “ô boliviano, toca a bola”, “ô chinês, toca a bola“… E aí? Se todo mundo for para a televisão por essas causas”, disse Vampeta na TV Gazeta. ”O mundo parou naquele lance do Neymar e não deu nada. Agora teve um lance de novo com o Paris Saint-Germain contra um time turco, mas os dois já se entenderam. O futebol está muito mimimi’‘, completou Vampeta.

 

Como já era esperado, os torcedores do Flamengo e jornalistas detonaram as falas de Vampeta. Nas redes sociais, o ex-jogador, que inclusive já defendeu o Flamengo, recebeu criticas pesadas.

Após o jogo, o técnico Mano Menezes acabou pedindo demissão do Bahia. Além disso, a CBF pediu uma investigação sobre o caso de racismo, podendo gerar uma punição pesada a Ramirez.

 

Fábio Lucas Carvalho
Fábio Lucas Carvalho
Redator esportivo que já trabalhou em diversos outros portais. Hoje, estamos focados no Fla Hoje em busca de um grande projeto de notícias verdadeiras

MAIS LIDOS

- Advertisment -