segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Vascaíno é preso por suspeita de assassinato de rubro-negro.

Vascaíno é preso por suspeita de assassinato de rubro-negro.

O membro da Força Jovem, Adriano Marcondes da Costa, foi preso na manhã desta quinta-feira pela polícia em Itaipuaçu, distrito de Maricá (RJ). Ele é um suspeito de envolvimento na morte de um torcedor do Flamengo, no mês passado, em Niterói.

Os policiais estão nas ruas ainda na procura de outros membros da torcida organizado que são suspeitos. Marcello Rennan, vulgo RYU, e Rodrigo de Oliveira Lessa da Costa, o Jack Bauer. Os dois, além de Adriano, têm passagem pela polícia por briga de torcida, entre outros crimes.

Além dos suspeitos, os policiais procuram por armas usadas em brigas de torcidas.
— Houve um confronto entre duas torcidas organizadas no dia 28 de outubro, em Niterói. Nele, alguns disparos foram efetuados, uma pessoa veio a óbito e mais duas ficaram feridas. Os autores vão responder por homicídio consumado e dois tentados — explicou o delegado Allan Duarte.
— A Força Jovem é uma organização criminosa travestida de torcida organizada, e muitos dos seus integrantes são criminosos, portam arma de fogo, armas brancas e têm como objetivo praticar a violência. O que queremos com essa ação é trazer paz para os estádios, que as pessoas de bem possam frequentar os jogos de futebol com seus filhos em paz.
Adriano nega a autoria do homicídio e coloca a culpa em Marcello RYU, dizendo que ele que disparou os tiros. Ainda disse que o indivíduo roubou um carro em Niterói um dia antes do crime e depois do confronto o queimou na estrada.
Além dos suspeitos, os policiais procuram por armas usadas em brigas de torcidas.
— Houve um confronto entre duas torcidas organizadas no dia 28 de outubro, em Niterói. Nele, alguns disparos foram efetuados, uma pessoa veio a óbito e mais duas ficaram feridas. Os autores vão responder por homicídio consumado e dois tentados — explicou o delegado Allan Duarte.
— A Força Jovem é uma organização criminosa travestida de torcida organizada, e muitos dos seus integrantes são criminosos, portam arma de fogo, armas brancas e têm como objetivo praticar a violência. O que queremos com essa ação é trazer paz para os estádios, que as pessoas de bem possam frequentar os jogos de futebol com seus filhos em paz.
Adriano nega a autoria do homicídio e coloca a culpa em Marcello RYU, dizendo que ele que disparou os tiros. Ainda disse que o indivíduo roubou um carro em Niterói um dia antes do crime e depois do confronto o queimou na estrada.
Fonte: Coluna do Flamengo

MAIS LIDOS

Segundo Fábio Sormani, Flamengo usou de “laranja” para se beneficiar

Na tarde desta segunda-feira, o grande e responsável jornalista Fábio Sormani soltou mais uma daqueles declarações complicadas de se ingerir numa rede de televisão....

Presidente do Sport admite interesse em contratar atacante do Flamengo

O Flamengo possui uma das bases mais qualificados do futebol sul-americano. O Rubro-negro se acostumou a fazer grandes negócios com o mercado da Europa,...

O Brasil é de fato, a terra da hipocrisia

Toda a polemica envolvendo a partida do Flamengo domingo, diante do Palmeiras, mostra além da forma como cada dirigente só pensa em seu umbigo,...

Del Valle com novos casos de covid; Flamengo faz novos exames

Não é apenas o Flamengo que vive momento complicado devido a um surto de covid. O próximo adversário do rubro-negro, Independiente Del Valle, anunciou...