OUSADO: Vini Jr tenta aplicar lambreta na área em jogaço do Real Madrid

É MUITO DEBOCHE: Vini Jr aplica domínio espetacular antes de anotar belo gol
É MUITO DEBOCHE: Vini Jr aplica domínio espetacular antes de anotar belo gol

Nesta quarta-feira, se encerrou a fase de grupos da Liga dos Campeões. O Real Madrid não tomou conhecimento do Celtic, goleando o adversário por 5 a 1, em um jogaço no estádio  Santiago Bernabéu. Como já era esperado, Vini Jr teve mais uma atuação espetacular, onde marcou um gol e criou várias jogadas ofensivas.

O Real dominou o jogo desde o começo e com 20 minutos vencia o confronto 2 a 0, com dois gols de pênalti. O primeiro foi de Modric, enquanto o segundo foi do brasileiro Rodrygo. Ambos foram marcados após toques de mão.

GOLEADA DO REAL MADRID

No final do jogo, o Real Madrid não tirou o pé e marcou mais três gols. Asensio pegou sobra na área aos cinco para bater forte, Vini Jr aproveitou cruzamento na pequena área aos 15 e Valverde fechou a conta após chute de fora da área aos 25. Jota descontou em cobrança de falta.

Vini Jr tenta aplicar lambreta

Arturo Vidal atinge feito que apenas dois jogadores conseguiram na história

Arturo Vidal chegou ao Flamengo na janela do meio do ano junto com Everton Cebolinha, Guillermo Varela e Erick Pulgar. Apesar de ainda não ser titular absoluto, o chileno teve grandes atuações e ajudou o rubro-negro nos títulos da Libertadores da América e Copa do Brasil. Inclusive, por disputar a final da competição continental, o volante de 35 anos entrou para a história ao atingir feito que apenas dois jogadores conseguiram até aqui.

Arturo Vidal entrou no segundo tempo da final contra o Athletico-PR, no último dia 29 de outubro, onde o Flamengo se sagrou tricampeão da maior competição do continente. Deste modo, o chileno entrou para um seleto grupo de jogadores que disputaram a final da Liga dos Campeões da Europa, Copa Sul-Americana e Libertadores da América. Sendo assim, o volante de 35 anos se junta a Carlitos Tévez e Ibarra, ambos argentinos.

Arturo Vidal disputou a final da Sul-Americana em 2006, quando vestia a camisa do Colo-Colo, do Chile. Titular da equipe nos dois duelos da decisão, o chileno acabou deixando de comemorar o troféu após perder por 3 a 2 no placar agregado para o Pachuca (MEX). O volante disputou a final da Liga dos Campeões com a Juventus (ITA), em 2015, mas, novamente, ficou com o vice ao perder para o Barcelona do trio MSN.

Agora, finalmente Vidal comemorou um título continental com o troféu da Libertadores da América. O Flamengo venceu o Athletico-PR pelo placar de 1 a 0 e conquistou a competição pela segunda vez nos últimos quatro anos. O contrato do chileno com o Flamengo vai até o fim de 2023, ou seja, terá a chance de vencer ainda mais títulos com o time carioca.

Avatar of Romário Carvalho
Um amante do futebol. Mais um escritor com paixão por acompanhar o futebol de todo o Brasil e do mundo. Com trabalhos em outros portais, estou colaborando com o Fla Hoje nesse grande projeto.