Vinicius Jr. é o representante do Flamengo na Seleção da Copinha.

Por: Fla hoje

NA
BASE DA BOLA
: A tradicional seleção da Copinha feita pelo blog traz, como não
poderia deixar de ser, o Corinthians como equipe dominante. Ao todo, quatro
jogadores do Timão fazem parte do time: Guilherme Romão, lateral-esquerdo, e o
trio formado por Mantuan, Pedrinho e Carlinhos. Marquinhos, melhor em campo na
final, perde a disputa para Vinícius Júnior. O atacante de 16 anos representa o
Flamengo, que teve vários destaques, como Klebinho, Denner e Jean Lucas.

Arte: GloboEsporte.com
Confira
abaixo a seleção titular e outros destaques da Copinha:
GOLEIRO: GERSON (BATATAIS)
Sem
dúvidas, o personagem mais marcante da posição na Copinha. Classificou o time
para a semifinal após pegar três pênaltis contra o Botafogo e fez boas defesas
na decisão. Não é, obviamente, o melhor jogador da posição na geração, mas fez
um grande torneio.
Também
se destacaram: Filipe (Corinthians), Diego (Botafogo), Raul (Juventude) e Tiepo
(Chapecoense)
LATERAL-DIREITO: VITINHO (CRUZEIRO)
Um
jogador com projeção para seleções de base, e já convocado algumas vezes.
Vitinho é o lateral que pedala, vai para cima e fez um golaço contra o Bahia,
que o garantiu na seleção. Venceu uma acirrada disputa com o ótimo Emerson, da
Ponte Preta.
Também se destacaram:
Emerson (Ponte Preta), Guga (Avaí) e Klebinho (Flamengo)
ZAGUEIRO: HELLERSON (BOTAFOGO)
Canhoto
e muito técnico, Hellerson evoluiu demais ao longo do ano e deixou as
patacoadas que fazia em algum lugar do passado. Fez uma Copinha muito segura e
consistente.
Também se destacaram:
Denner (Flamengo) e Vinícius Del’Amore (Corinthians)
ZAGUEIRO: LUIZ CARLOS (JUVENTUS)
O
comandante da defesa do Moleque Travesso, que chegou longe na Copinha
eliminando equipes como Fluminense e Avaí. Teve o desempenho elogiado em vários
jogos.
Também se destacaram: Kanu
(Botafogo) e Luiz Pedro (Chapecoense)
LATERAL-ESQUERDO: GUILHERME ROMÃO
(CORINTHIANS)
Disparado
o melhor da posição no torneio. Rápido, excelente técnica, bom poder de
marcação, se sobressaiu tanto que jogou até no meio-campo.
Também se destacaram:
Vitor Lindenberg (Botafogo) e Foguinho (Avaí)
VOLANTE: EVERTON (BATATAIS)
O
principal jogador do vice-campeão em campo, embora Douglas Pote seja o
artilheiro. Marca com muita precisão e sai para o jogo com qualidade. Foi
recompensado com um contrato profissional.
Também se destacaram: Renan
Areias (Corinthians) e Pedro Aquoz (Paulista)
VOLANTE: MANTUAN (CORINTHIANS)
Capitão
do time campeão, Mantuan foi o jogador mais regular do Corinthians durante toda
a competição. Desarmou, construiu jogo e apareceu para finalizar. Depois de
rodar pela meia e pela lateral, parece ter se firmado de vez com a camisa 8.
Também se destacaram: Jean
Lucas (Flamengo) e Val (Internacional)
MEIA CENTRAL: BRAYAN (PAULISTA)
O
jogador mais decisivo do time de Jundiaí. Canhoto, cria e finaliza bem e
evoluiu muito em relação ao ano passado. Já atua nos profissionais e não deve
ficar no Paulista por muito tempo. Há muitos grandes de olho.
Também se destacaram:
Fabrício Oya (Corinthians) e Cesinha (Cruzeiro)
MEIA-ESQUERDA: VINÍCIUS JÚNIOR (FLAMENGO)
Com
apenas 16 anos, Vinícius Júnior fez um fuzuê danado na Copinha. Foram quatro
gols, cinco assistências e outras tantas oportunidades. Com a bola, ele mostrou
um repertório imenso de jogadas e um potencial para chegar muito longe nos
próximos anos. Em potencial, é o jogador com maior projeção que disputou a
Copinha.
Também se destacaram:
Mateus Criciúma (Paulista), Jonas Toró (Primavera) e Marquinhos (Corinthians)
MEIA-DIREITA: PEDRINHO (CORINTHIANS)
O
craque do torneio. Foram cinco gols e seis assistências, muitos deles em
momentos de dificuldade do Corinthians, como, por exemplo, contra o Flamengo,
nas quartas de final. Canhotinho, o meia mostrou que tem futebol para encantar
o mundo nos próximos anos.
Também se destacaram:
Bruno Oliveira (Bragantino) e Thales (Batatais)
CENTROAVANTE: CARLINHOS (CORINTHIANS)
Artilheiro
do torneio com 11 gols e autor do gol que tirou o Corinthians do sufoco,
Carlinhos cresceu demais na Copinha e confirmou o potencial que muita gente via
nele, embora outros tantos tivessem dúvidas. Pode pintar nos profissionais em
breve.
Também se destacaram: Yuri
(Ponte Preta), Douglas Pote (Batatais) e Vinícius Baiano (Avaí)

MAIS LIDOS

Tudo normal: Diego Alves tira onda após mais um titulo do Mengão

O Flamengo foi campeão após uma temporada muito irregular. O Internacional chegou a ficar disparado na ponta da tabela do Brasileirão, entretanto, o Rubro-negro...

Denílson não deixou barato. Ele colocou uma máscara do Gabigol e aloprou a Renata Fan

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro...

”Cabo, Flamengo é campeão”: Reação desesperada do torcida do Inter com titulo do Mengão

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em último jogo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca não jogou nada bem...

Põe no DVD: Patrick chora muito com titulo do Mengão; torcida do Fla tira onda

O Flamengo é novamente  campeão brasileiro. Após um ano difícil, com a pandemia e a saída e contratação de treinadores, o Rubro-negro conseguiu uma...