O BICHO PEGOU: Vini Jr sofre falta covarde e o clima esquenta em grande atuação pelo Real

0
Vinicius Jr
Vinicius Jr

O Real Madrid entrou em campo nesta quinta-feira, em mais um grande jogo do Campeonato Espanhol, diante do Cádiz. O time do brasileiro Vinicius Jr venceu o jogo por 2 a 1, em mais um jogo que ficou muito marcado pela violência dos jogadores adversários com Vinicius Jr e Rodrygo.

Vinicius Jr sofreu muitas faltas e acabou se revoltando. A quantidade de faltas foi tão grande que o jovem atleta formado nas categorias de base do Flamengo foi tirar satisfações com Fali Gimenezes.

Caçado em campo, o atacante brasileiro — convocado para a Copa do Mundo do Qatar — estourou após uma falta de Fali em Rodrygo na entrada a área, aos 28 minutos da etapa inicial. Assim que a bola parou, Vini Jr correu em direção ao adversário, o encarou e apontou um dedo na direção do rosto de Giménez.

A ação de Vinicius Jr não foi bem vista, com o jogador brasileiro criando um bate boca dentro da área do Cádiz. Assista logo abaixo.

Atacante do Fluminense pode superar recorde de Gabigol no Brasileirão

O Flamengo conta com o elenco mais qualificado do continente e um dos principais nomes é o atacante Gabigol. O camisa 9 vem quebrando vários recordes com o manto sagrado, entre eles, se tornou o jogador com mais gols em uma única edição do Campeonato Brasileiro, quando marcou 25 tentos na temporada magica de 2019, ajudando na conquista do título nacional.

Gabigol superou nomes históricos como Jonas (Grêmio em 2010), Borges (Santos em 2011) e Fred, pelo Fluminense também em 2011, todos com 23 gols. No entanto, a marca do camisa 9 nove do Flamengo está sendo ameaçada na atual temporada, já que, Cano, está empatado com Gabi com 25 tentos e ainda tem uma partida para disputar.

Apesar da igualdade no número de gols, Gabigol supera o atacante do Fluminense quando se considera a quantidade de partidas que foram necessárias para chegar a marca. Enquanto Cano precisou de 37 jogos para marcar 25 tentos, o atacante do Flamengo atingiu o feito com apenas 29 duelos disputados na temporada de 2019.

No Flamengo desde 2019, Gabigol é considerado o maior ídolo da história recente do rubro-negro. Foi do camisa 9 os dois gols da virada do título da Libertadores contra o River Plate, feito que repetiu na atual temporada com o tento marcado sobre o Athletico-PR. Apesar dos grandes feitos, o atacante não ganhou muitas oportunidades na Seleção Brasileira e ficou de fora da lista final do técnico Tite que vai disputar a Copa do Mundo. Pedro e Everton Ribeiro foram convocados.