Vinícius Júnior tem espaço no Flamengo, mas não como titular.

Vinicius Júnior, atacante do Flamengo – Foto: Staff Images

LANCE:
A chegada de Everton Ribeiro ao Flamengo trouxe à tona muitas discussões sobre
o inchaço no elenco rubro-negro, principalmente sobre a participação do garoto
Vinicius Junior no time de Zé Ricardo. Vendido ao Real Madrid a preço de
diamante, o jovem atacante fez seu primeiro jogo como titular neste domingo, no
empate com o Avaí, e agradou a torcida.

No
entanto, o elenco do Flamengo conta com grandes nomes do meio para frente, como
Conca, Everton Ribeiro, Ederson, Mancuello, Diego, Guerrero… A concorrência é
forte, e já chegou a abalar o ambiente do Rubro-Negro. Para João Carlos
Assumpção, colunista do LANCE, Zé Ricardo deve aproveitar Vinicius Junior pouco
a pouco, e sentir quem está melhor na equipe para formar o time:

Claro que Vinícius Júnior tem espaço, mas não como titular. Ele tem que ser
aproveitado aos poucos, até para não o queimarem nesse início. Zé Ricardo tem
muitas opções, mas também acho que tem que definir o time jogo a jogo. Ver quem
está melhor, quem merece mais, quem dá menos trabalho… Conca, por exemplo,
deixaria de fora. O principal agora é ver também quem está com a melhor cabeça.
Com mais gana e vontade de jogar.
Utilizar
Vinicius Junior a partir do banco também é a opinião compartilhada por Carlos
Alberto Vieira, editor do LANCE!. Ele também opina que Everton Ribeiro chega
para ser titular, e que Conca ainda não apresentou seu futebol para ser
considerado na equipe inicial.

Estão forçando um pouco a barra com o garoto. Ele ficará como opção no banco de
reservas, sendo aproveitado muito provavelmente para o setor que hoje tem o
Everton e tendo a sombra do Berrío. O Flamengo deverá atuar com um volante mais
fixo (hoje ainda é o Márcio Araújo) e um de maior saída de bola (Arão, é
claro). Assim, sobram três vagas lá na frente. Everton é necessário demais para
o Flamengo e ainda vai se segurar como titular. Diego e Everton Ribeiro serão
os outros titulares.
A
concorrência num elenco inchado e pressionado a dar bons resultados também foi
uma questão levantada por Janca. Segundo o especialista, cabe ao Flamengo saber
gerenciar esses nomes do elenco e deixar os grandes jogadores assumirem a
responsabilidade em momentos difíceis:
– Acho
que a disputa por espaço, se mal administrada pela comissão técnica, gera
problemas sim. Temos visto isso no Palmeiras. Então cabe ao Flamengo
administrar os egos e vaidades. E jogar bola. Jogar o time sabe. E quem é bom
assume a responsabilidade em momentos de crise. Como se costuma dizer por aí
agora é a hora de diferenciar os homens dos meninos. Ou as ovelhas podres das
boas.
O
Flamengo volta aos gramados nesta quarta-feira, quando recebe a Ponte Preta no
Estádio Luso-Brasileiro, às 21h da noite, pela 7ª rodada do Brasileirão.
Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.