terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Wallim marca coletiva para oficializar candidatura no Fla.

Wallim marca coletiva para oficializar candidatura no Fla.

Lancenet
– “Segundo tom de azul” da atual diretoria do Flamengo, Wallim
Vasconcellos marcou para terça-feira, em um hotel no Rio de Janeiro, a
entrevista coletiva para ofiializar a candidatura em separado ao cargo de
presidente do clube na eleição do fim deste ano. Até então vice-presidente de
patrimônio, ele estará ao lado de Rodolfo Landim, atual vice de planejamento,
que também deve deixar a pasta nos próximos dias para cuidar da chapa
dissidente – será o vice de Wallim. A nova chapa recebeu o nome de
“Vencer, Vencer, Vencer”.
A
dupla Wallim/Landim foi a original para os cargos de presidente e
vice-presidente na eleição de 2012 pela Chapa Azul – Flamengo Campeão do Mundo.
Entretanto, por não terem cinco anos de vida associativa seguidos, como
determina o estatuto do Flamengo, tiveram suas candidaturas impugnadas, o que
levou a escolha do nome de Eduardo Bandeira de Mello, que acabou ganhando o
pleito. Agora, porém, Bandeira quer a reeleição e não aceitou deixar de lado
para dar vez a Wallim, o que fez o racha interno se tornar público.
Algumas
correntes políticas da Gávea afirmam, entretanto, que Wallim Vasconcellos e
Rodolfo Landim, mesmo agora, não possuem cinco anos seguidos de vida
associativa, o que os postulantes ao cargo negam. Wallim, por exemplo, entrou
no programa de anistia dado pela então presidente do Flamengo, Patricia Amorim,
em 2011. O dirigente promete provar que tem condições de disputar o pleito,
caso o seu caso seja levado para votação no Conselho de Administração, no
período de homologação de chapas, previsto para setembro.
Wallim
Vasconcellos, além de Rodolfo Landim, tem vários atuais dirigentes do Flamengo
ao seu lado nesta candidatura. Nomes como Gustavo Oliveira (atual
vice-presidente de comunicação), Rodrigo Tostes (atual vice de finanças), e
Alexandre Póvoa (atual vice de esportes olímpicos) estão neste lado dissidente
azul – além de Luiz Eduardo Baptista, ex-vice-presidente de marketing e que
saiu após briga com Eduardo Bandeira de Mello. O atual mandatário, em sua
candidatura à reeleição, tem ao seu lado nomes como Flávio Willeman (vice
jurídico) e Alexandre Wrobel (ex-vice de futebol e integrante do Comitê Gestor
do Futebol).
Vale
lembrar que outras duas chapas de oposição a Eduardo Bandeira de Mello foram
oficializadas. Lysias Itapicurú, do Flamengo Nova Geração, e Cacau Cotta, em
aliança de grupos de oposição, que fez com que Gonçalo Veronese abdicasse de
sua candidatura pelo Fla Tradição. Gony Arruda, atual deputado estadual do
Ceará pelo PSD, indica que será o terceiro tom de azul na eleição presidencial que
decidirá o mandatário para o triênio 2016-2018.

MAIS LIDOS

Domenec agradece: Conheça os jovens jogadores chamados ao Equador

Domenec terá quatro jogadores pouco conhecidas por ele (e até nós) para a partida desta terça-feira pela Libertadores. Natan, João Lucas, Guilherme Bala e...

Torcedores pedem para adiar o jogo do Flamengo

O Flamengo confirmou nesta segunda-feira o sétimo contaminado pelo Novo Coronavírus. Com tantos desfalques e risco iminente de um surto dentro do Rubro-negro, com...

O futebol não foge do mundo exterior

Desde que o Flamengo anunciou seus infectados, torcedores tem buscado nas redes sociais "explicações" para isso ter acontecido, como se o futebol fosse aquém...

Onde assistir Barcelona x Flamengo ao vivo

O Flamengo não está vivendo dias fáceis. Enquanto no Brasileirão vem de uma dura derrota para o Ceará, na Libertadores o Rubro-negro passou uma...